Curso online de Musculação do Iniciante ao Avançado

sexta-feira, 14 de junho de 2019

10:36:00

Como achar um bom treinador de Crossfit




Escolher um bom coach é essencial para seu treinamento de crossfit. Afinal de contas, ele será o responsável por sua aprendizagem e periodização de treino, cuidando da sua saúde no esporte o tempo todo.

Mas primeiro vamos entender um pouco sobre essa modalidade. O CrossFit é uma marca registrada e apenas academias afiliadas, conhecidas por "box", podem oferecer essa modalidade. Esse programa de treinamento inclui: exercícios abdominais, agachamentos, flexões, corrida, saltos, levantamento de pesos, etc.

Sempre em alta intensidade e em constantes variações entre 10 aptidões físicas:

  1. Capacidade cardiorrespiratória
  2. Força
  3. Stamina
  4. Flexibilidade
  5. Velocidade
  6. Potência
  7. Coordenação
  8. Agilidade
  9. Equilíbrio
  10. Precisão

A primeira coisa que você deve verificar é se ele(a) tem formação em um curso de educação física. Também deve possuir o CREF validado (documento emitido pelo Conselho Regional de Educação Física do registro profissional). Exercer a função de coach (treinador) sem este registro é ilegal. Casos assim, quando flagrados por agentes de fiscalização do CREF, são encaminhados à polícia e se enquadram na lei de contravenção (o assunto é sério e já gerou muita polêmica recentemente).

No entanto, apenas uma formação acadêmica não é suficiente, já que muitos dos cursos de educação física não abordam o crossfit em sua grade. O profissional precisa ter no mínimo o curso da CrossFit Inc. Level 1, com alguns anos de experiência treinando e ensinando a modalidade.

Hoje, a empresa CrossFit oferece cursos até o Level 4, nível exigido pela CrossFit Inc. para o reconhecimento como coach. Quem possui até o nível 3 é classificado como trainer pela empresa americana.

Ainda existe um detalhe importante sobre a nomenclatura dos boxes. O nome CrossFit é uma marca registrada no mundo todo e não pode ser usada gratuitamente por qualquer ginásio. Boxes afiliados pagam pelo uso do nome CrossFit; todos os outros devem usar nomenclaturas similares, como cross training, MMT (modalidades mistas de treinamento) e treino funcional. Usar o nome Cross Fit (com espaço) também é ilegal pela lei da similaridade.

Portanto, converse com o profissional que está lhe oferecendo o treinamento e pergunte sobre sua experiência na modalidade. Geralmente, o profissional certificado exibe o diploma da CrossFit na parede do box. Além disso, o site https://map.crossfit.com/ mostra os afiliados (você pode procurar por cidade).

Diante do valor de US$ 3 mil por ano para renovar a afiliação, alguns boxes optaram por se tornar um centro de treinamento de MMT e perderam o direito de usar o nome CrossFit. Porém, isso não significa que o local e seus profissionais perderam necessariamente qualidade.

A OPÇÂO: CROSS TRAINNING

O cross training é uma atividade cada vez mais difundida e apreciada em academias de fitness. Ele permite que aqueles que desejam aumentar rapidamente a sua condição física geral através de diferentes exercícios realizados em um tempo determinado. Os atletas o usam especialmente para continuar a reduzir seus pontos fracos e se prepararem para suportar as fases mais intensas do treinamento.

DICA PARA PROFISSIONAIS

Treino Funcional e Cross - Passo a Passo (em vídeo) - Este conteúdo foi elaborado como auxílio para acadêmicos e professores de Educação Física que pretendem trabalhar com seus alunos e clientes, podendo ser individualmente ou na parte coletiva , com atividades físicas voltadas para a promoção de bem estar, saúde, emagrecimento e ganho de massa muscular. Saiba mais clicando aqui!


Com ajuda daqui

segunda-feira, 20 de maio de 2019

11:37:00

Emagreça mais rápido com o Hiit




HIIT é mais agradável e gera melhores resultados favoráveis à perda de medida do que atividades de média ou baixa intensidade.

Estes exercícios incluem atividades de resistência e cardio, envolvendo esforço físico exaustivo em um curto período de tempo seguido de uma curta recuperação.

A principal ênfase de HIIT deve incluir uma rotina de 60 segundos, e, em seguida, descanso de 1-2 minutos, dependendo do nível de exercício.

Ao se acostumar com HIIT você pode reduzir o trabalho para descansar: proporção de 3:1, 2:1, e, eventualmente, até 1:1 (1 minuto de atividade e 1 minuto de descanso).

Durante o treino intervalado de alta intensidade o coração bombeia a 85 por cento da taxa máxima. Isto em uma simples escala de 1-10 seria entre 8-9 no esforço para respirar.

Estudos indicam menos de 27 minutos de HIIT, 3 vezes por semana, como eficazes em produzir o mesmo que treinamentos anaeróbico e aeróbico de 60 minutos no estado estacionário 5 vezes por semana.


O HIIT não se trata exatamente de uma seleção de uma série de exercícios a serem feitos em uma sessão. Ele está mais relacionado à intensidade na qual essas atividades físicas serão feitas e na sua aplicação. A técnica parte da premissa de que fazer pequenas séries explosivas e intensas de determinada atividade oferece maiores benefícios do que passar mais tempo fazendo a mesma série em um ritmo mais lento.

E isso pode se aplicar a diversas modalidades como natação, boxe, remo, pular corda e principalmente corrida do tipo sprint. Isso porque a maioria das pesquisas feitas sobre as vantagens do treino intervalado de alta intensidade (HIIT) utilizaram a corrida sprint como objeto de estudo. Logo, esse tipo de exercício é uma aposta mais segura em relação aos benefícios desse treinamento.

Para obter os benefícios do HIIT é preciso saber quanto tempo devem durar as séries e cada um de seus intervalos. Para termos uma noção, uma pesquisa realizada na Austrália mostrou que um grupo de mulheres que realizou um treino de 20 minutos de HIIT, com sprints de oito segundos, seguidas de intervalos de descanso de 12 segundos eliminaram seis vezes mais gordura corporal do que outro grupo que seguiu uma série de 40 minutos de exercícios aeróbicos executados em uma intensidade constante referente a 60% de sua máxima frequência cardíaca.

Outro estudo, feito por pesquisadores da Universidade de Ontário Ocidental, no Canadá, revelou que pessoas que fizeram de quatro a seis sprints de 30 segundos, com períodos de descanso de quatro minutos, eliminaram o dobro de gordura corporal do que aqueles que tinham se exercitado em um ritmo constante.

Os resultados desses dois trabalhos científicos nos mostram que quanto menor for o período de descanso, maior será o benefício em relação à queima de gordura.

Por outro lado, não devemos deixar de levar em consideração o fato de que com toda a sua intensidade, o HIIT exige bastante do corpo. Para evitar o overtraining – que é quando o praticante treina além do limite do seu corpo e que traz fadiga, perda de força e resistência, dor muscular constante e queda da resistência imunológica, entre outros problemas – e danos ao sistema nervoso central, a recomendação do treinador Grannell é que a carga na qual os exercícios são executados mude frequentemente.

O sprint demanda muito do cérebro e do corpo, então o descanso adequado é importante para maximizar a performance e os resultados. Quanto maior for o período em que você faz o sprint, maior será a quantidade de tempo que você precisará descansar.

De maneira geral, a recomendação para estimular a perda de gordura é que os sprints durem de oito a 30 segundos em sessões com 20 minutos de duração. Você deve respeitar o período de descanso adequado para o seu corpo, mas também não pode esquecer que o seu treinamento não pode deixar de ser intenso. Já a frequência indicada é de duas a três vezes por semana, para ajudar a melhorar a forma física e colaborar com a saúde do coração.

O ideal para definir o melhor tempo de realização dos exercícios e dos intervalos de descanso para perder peso é contar com a ajuda de um profissional de educação física, que te orientará em relação ao que trará os benefícios que você deseja, sem acarretar nenhum problema de saúde.

O volume do treino intervalado de alta intensidade (HIIT)

É praticamente impossível manter o ritmo de um sprint por muito tempo, mas a boa notícia é que são justamente os intervalos propostos pelo HIIT que permitem o descanso e recuperação e oferecem ao praticante a possibilidade de fazer várias corridas intensas em um mesmo treino.

O sprint causa um efeito tão potente aos hormônios do corpo que não é necessário correr por um período muito longo para promover a eliminação de gordura.

A qualidade dos sprints é muito mais importante. O HIIT requer bastante foco e muita energia. Então, se você consegue malhar por um período extenso de tempo – muito maior que 20 minutos – talvez você não esteja fazendo direito.

O HIIT é apenas o método de treino. O uso de corrida ao ar livre, esteira, bicicleta ou qualquer outro implemento constitui o que é chamado de meio de treino. Ou seja, a pessoa pode fazer HIIT com corda naval, kettlebells e até com exercícios usando o próprio peso do corpo.

Dá para fazer treino hiit nadando, agachando, pulando corda, correndo, flexionando, em treinos de peitoral, ombros e bíceps, etc. Enfim, o que define a alta intensidade não é o conceito, mas sim a prática dentro do esporte que você já domina.

Quer potencializar o seu conhecimento sobre Hiit e Emagrecimento? Conheça o Workkshop  "Emagrecimento e Estética Feminina: Aplicações do HIIT". Tem como objeitvo Capacitar os Profissional de Educação Física a Prescrever Treinamento HIIT para mulheres com o objetivo de emagrecimento.Clique aqui!
 
09:55:00

Avaliação Física na Academia



A realização da avaliação física dentro das academias é de vital importância para o resultado do aluno, porque é através dela que podemos quantificar o real estado do condicionamento físico do indivíduo

Os testes são divididos em antropométricos, que medem a composição corporal, e, ergométricos, que medem a aptidão cardiorrespiratória, ou seja, a sua capacidade de realizar exercício de intensidade moderada a alta, com grande grupo muscular, por períodos diversos. A realização de tal exercício depende do estado funcional dos sistemasrespiratório, cardiovascular e músculoesquelético. Com a avaliação física, você fica sabendo a sua real possibilidade de praticar qualquer modalidade, de que forma você deve fazer isso e o quanto você pode progredir com segurança.

Para iniciar um teste, é indicado que se faça inicialmente uma boa anamnese (entrevista), que nada mais é que um questionário para verificar seus hábitos gerais, prática de atividade física pregressa e atual, hábitos alimentares, existência de doenças hereditárias, cirurgias realizadas ou lesões que tenham deixado ou não sequelas.

Tipos de avaliação física

Em uma avaliação física completa podemos utilizar diversos testes, por exemplo: a bioimpedância para uma avaliação rápida do percentual de gordura por meio da passagem de uma corrente eletromagnética pelo corpo do avaliado (que ficará com 2 a 4 eletrodos – pontos de contato com a pele) para que a corrente percorra toda a extensão corporal. Com este teste é possível identificar o nível de água existente no organismo e quantificar o percentual de gordura geral e segmentar (braços, pernas e tronco).

Para o mesmo objetivo – composição corporal - podemos ainda citar a avaliação por dobras cutâneas, que é um método tradicional e muito eficaz que nos permite identificar o percentual de gordura, a massa magra (isenta de gordura). É executada quantificando várias medidas por meio de um compasso (adipômetro) e transferindo as medidas para fórmulas já estabelecidas (protocolos diferentes para cada tipo de pessoa ou grupo), estas já consideradas como padrão comprovadas por meio de vários estudos científicos.

Temos ainda os testes neuromusculares que visam identificar a resistência de grupos musculares, os níveis de força, o equilíbrio de força entre laterais, ou seja, lado direito e lado esquerdo do corpo, a potência produzida, a recuperação e a flexibilidade ou o arco de movimento (ADM) executado em movimentos diversos. Esses testes são fundamentais para a prevenção de lesões.

Com o avanço tecnológico, os grandes aliados dos treinamentos são os aplicativos, usados nos celulares ou tablets, que possibilitam monitorar (acompanhar remotamente) as prescrições realizadas a partir das avaliações. Os aplicativos aprimoram a capacidade de correções ou intervenções, antecipando ações ou reestruturando o programa de treinamentos de forma mais rápida, como por exemplo, os famosos frequencímetros e GPS que são extremamente usados por corredores.

Em suma, as avaliações físicas podem nos classificar ou ranquear, utilizando um vocabulário mais esportivo, por conta de quantificar todas as capacidades biomotoras (Força, Flexibilidade, Resistência, Potência etc.). É importante salientar que apesar de ser extremamente importante individualizar as avaliações e prescrições, podemos nos valer do enorme banco de dados (tabelas criadas a partir de muitos dados de pessoas avaliadas no mundo inteiro) para saber se a partir de uma avaliação física completa, está abaixo da média, na média ou acima da média quando comparado com estas tabelas já validadas pela ciência do esporte.


Pelo mundo afora muitos estudos acontecem, deforma ininterrupta, visando ter como base as prescrições pela ciência, além de alimentar o banco de dados. Esses estudos são executados por diversos integrantes da comunidade cientifica do esporte, como profissionais de educação física, médicos do esporte, fisioterapeutas, nutricionistas, entre outros.

Por meio da avaliação física o profissional terá parâmetros para identificar a melhor exercício físico para o seu aluno, assim como, a intensidade e frequência desse exercício. Diagnosticar as atividades que não deverão ser executadas por possíveis patologias (desvios posturais, lesões e reabilitações), alinhar os objetivos do aluno com a sua real necessidade. Costumo dizer que nem sempre o que o aluno quer é o que ele precisa! Estabelecer foco, determinar datas e resultados fazem parte de uma rotina de treinamento organizada e que com certeza atenderá as expectativas desse aluno.

Se você quiser aprimorar seus estudos na area de Avaliação Física, é recomendável que conheça o Curso de Avaliação Física Total para Treinamento Individualizado do Viajando pela Fisiologia. Clique aqui!

segunda-feira, 6 de maio de 2019

10:12:00

Treinamento Funcional e o Pilates para Idosos



O envelhecimento é acompanhado pelo declínio das capacidades funcionais, o qual resulta da interação de diversos fatores, tais como, fatores genéticos, estilo de vida e doenças crônicas.

Um dos fatores mais importantes para um envelhecimento saudável é ter autonomia e independência. Tomar banho, calçar um sapato ou pegar um objeto em um lugar mais alto, por exemplo, são atividades simples da vida. Entretanto, depois dos 65 anos podem se tornar mais complexas e até perigosas por conta dos efeitos do envelhecimento. Assim, o ideal é que a pessoa procure atividades para prevenir essas condições, como o treinamento funcional e o pilates.

O Treinamento Funcional e o Pilates possuem uma gama imensa de exercícios funcionais para idosos. Todos eles nos ajudam a construir as seguintes características no corpo na terceira idade:

Coordenação Motora
Propriocepção
Flexibilidade
Força
Capacidade Cardiorrespiratória

Devo colocar o aluno para treinar força?

É claro que sim, esse seu aluno também precisará de força para fazer suas atividades diárias.

Conforme envelhecemos o corpo perde massa muscular, e isso é um processo natural e inevitável. Por isso o treino de força é importantíssimo para evitar que essa perda de força afete suas atividades.

Sempre foque em exercícios que trabalham em múltiplos planos de movimento e também com várias articulações. É a maneira mais eficiente de melhorar o equilíbrio dos nossos alunos mais velhos.

Outra opção interessante em as aulas são os exercícios com mudança de direção. Isso é possível usando acessórios do Treinamento Funcional como cones e a escada de agilidade. Mesmo que esses alunos geralmente se movimentem devagar, devemos pedir que façam o exercício na maior velocidade que conseguirem.

Dicas de Cursos para Profissionais

Curso online de Pilates Avançado
Curso online de Pilates em Escoliose
Curso Suspension online - Curso de Pilates em Suspensão
Livros Digitais sobre Pilates
Curso MIT - Movimento Inteligente

Se eles treinarem isso em aula melhorarão sua velocidade de reação na vida diária também. O que quer dizer que será um ótimo trabalho para prevenir quedas e lesões nesses alunos.

Os idosos são um público diferenciado e precisam de cuidados especiais. Você não quer acidentes e velhinhos se machucando no seu Studio por falta de atenção. Minha primeira dica é: sempre acompanhe os alunos de perto.

Enquanto fazemos exercícios funcionais para idosos, ficar perto ajuda até a passar mais confiança para o aluno. Mesmo que seja só para você dar instruções verbais ou alguma motivação, não deixe a pessoa sozinha. Se acontecer uma queda ou até uma lesão grave você se arrependerá.

Outro fator importante é ficar atento a alunos que sofrem de condições como diabetes, pressão alta, problemas hormonais e afins. Se eles relatarem algum desconforto durante o exercício pare imediatamente e confira sua pressão. Só prossiga a aula quando o aluno estiver bem e você tiver certeza que é seguro.

Assim como a dor, sentir desconfortos em aula quer dizer que está na hora de parar. Isso provavelmente vai acontecer muito com alunos iniciantes que ainda não tem um bom condicionamento físico. De nada adianta ultrapassarmos seus limites se eles não vão voltar para a próxima sessão porque ficaram com medo.

Se você é profissional e procura um bom conteúdo de Pilates e Treinamento Funcional para Idosos, entre no grupo VIP do Whatsapp para ter um desconto especial no Curso Pilates e Funcional para Idosos, além de conteúdos específicos.
Siga o perfil pilatesefuncionalparaidosos no Instagram

terça-feira, 16 de abril de 2019

07:42:00

Como é a aula de Aeroboxe?

Resultado de imagem para aeroboxe

Uma boa aula de aeroboxe começa com um aquecimento dos membros inferiores, que é feito a partir de uma corrida moderada.

Na segunda parte começam os socos. Diante do espelho, você trabalha como se tivesse na frente de um lutador imaginário, aplicando golpes no ar. São quatro tipos de soco:

Jabs - soco curto com a mão que está a frente. Os destros mantém a mão esquerda a frente e os canhotos fazem o contrario.

Cruzados - simula o desenho de uma meia lua em direção na parte lateral do rosto a ser supostamente atingido.

Diretos - segue linha reta em direção ao rosto com a mão de três (direita, no caso dos destros).

Upers - como se fosse um gancho vindo de baixo para cima, para acertar o queixo do "adversário".

A terceira parte da aula consiste em golpes em duplas ou no Bob (boneco simulador). É a parte mais forte da aula. No caso dos exercícios em duplas, uma pessoa fica com as luvas e a outra segura a manopla para absorver os socos. Em intervalos de seis minutos, as posições são invertidas.

Quarta e última parte: são feitos exercícios de abdominal e depois alongamento, principalmente dos membros inferiores e da região lombar.

Vantagens

Entre os benefícios do aeroboxe está a melhora do condicionamento físico e, junto a isso, elevação da frequência cardíaca.

Outra vantagem é a queima de gorduras. Numa aula de uma hora, são queimadas cerca de 600 calorias.

As partes do corpo mais trabalhadas são abdomen, pernas, peitorais e ombros.

Em relação aos aspectos emocionais, o aeroboxe é bastante procurado para combater o estresse. De fato, passar uma hora do seu dia socando um Bob (boneco usado nas aulas) é uma boa maneira de eliminar as tensões do cotidiano.
Boa prática!

quarta-feira, 3 de abril de 2019

14:37:00

Benefícios da Musculação



A musculação é um dos caminhos mais procurados para quem busca uma vida mais saudável, um momento de bem-estar no dia a dia e uma forma eficiente de levar uma vida saudável.

Os benefícios da musculação vão muito além da estética de um corpo com músculos maiores e tonificados.

1. Atua como antidepressivo

Muitos médicos especialistas na saúde mental recomendam ao paciente que sofre de depressão  a atividade física como aliada do tratamento. A musculação feita de maneira regular traz muitos proveitos ao praticante.

Durante os treinos é liberada a endorfina, hormônio que causa sensação de bem-estar. Assim, será possível reduzir desequilíbrios químicos do cérebro que causam a depressão e ainda elevar a autoestima do paciente.

2. Acelera o metabolismo

Ter um metabolismo acelerado é o desejo de todas as pessoas que querem emagrecer, não é mesmo? A boa notícia é que nos treinos de musculação isso é possível. A explicação é que o tecido muscular continua gastando energia, mesmo depois dos exercícios.

Com isso, você terá mais músculos e menos gordura corporal, sendo visível o seu emagrecimento e a tonificação de seu corpo. A dica é usar uma carga de peso maior para chegar a perda de peso em menor tempo, sem ultrapassar o seu próprio limite, é claro.

3. Ajuda na saúde cardiovascular

Os exercícios de musculação também promovem benefícios importantes para o bom funcionamento do coração. Isso se explica ao fato de a atividade "forçar" o órgão a trabalhar mais pesado, o que diminui a pressão arterial e favorece o fluxo sanguíneo.

Com a saúde do sistema cardiovascular em dia, as chances de ter algumas doenças, como angina e insuficiência cardíaca, diminuem muito.

4. Protege os ossos

É comum muitas pessoas sentirem dor na coluna e serem diagnosticadas com alguma doença ou enfraquecimento ósseo. Por isso, muitos especialistas orientam a prática regular de musculação para a absorção de cálcio, que é um nutriente importante para a saúde óssea.

Outro ponto relevante é que quando a musculatura está tonificada, as articulações são protegidas, fazendo com que diminua as chances de acontecer uma fratura.

5. Deixa o corpo mais jovem

Podem ser homens ou mulheres, o fato é que após os 30 anos de idade ambos começam a perder massa muscular. Como consequência, surgem a falta de equilíbrio, perda da força e do desempenho físico.

Para evitar que os problemas decorrentes da falta de massa muscular surjam, comece o quanto antes a praticar musculação. Com o fortalecimento dos músculos, seu corpo vai sempre estar jovem e com boa disposição para encarar os desafios do dia a dia.

Principais exercícios da musculação

Fazem parte dos treinos de musculação os exercícios de repetição que estimulam a força como o levantamento de peso, por exemplo. Abaixo segue a lista das atividades mais conhecidas:

  • Supino Reto;
  • Agachamento com barra;
  • Barra fixa;
  • Remada;
  • Leg press;
  • Abdominal;
  • Tríceps francês;
  • Encolhimento com halteres em pé;
  • Elevação de pernas;
  • Levantamento terra;
  • Mesa romana.

Por fim, vale ressaltar sobre a importância da orientação de um profissional para que os benefícios da prática da musculação seja atingida com segurança. Feito isso, usufrua do que o exercício tem de melhor para sua saúde.

Curso Biomecânica Aplicada à Musculação

O curso  Biomecânica Aplicada à Musculação apresenta um módulo prático com 17 aulas, a qual são apresentados de maneira fácil vários exercícios relacionados ao CORE. No entanto, se você tiver dificuldade em entender, existe um módulo teórico com 11 aulas, para que em caso de dúvida ou falta de conhecimento de algum conceito, assim, fica possível e fácil consultar. Clique aqui e saina mais!

segunda-feira, 1 de abril de 2019

14:16:00

Curso Online​​​​​​ Hidroginástica "Consciência e Movimento"




Curso à distância onde você aprenderá sobre o Hidroginástica com Denise Amaral, Os temas abordados são planejamento de aulas, exercícios para trabalhar a região abdominal e material didático imprescindível para um profissional Fitness Aquático qualificado.

O que você aprenderá

Hidro Maturidade

Como se dá o processo de envelhecimento e como as propriedades físicas da água atuam para contribuir positivamente com esse processo.

Segurança

As Melhores Estratégias para elaborar treinamentos e trabalhar com público sênior de forma segura e eficiente.

Acqua Pilates

Técnicas desde a precisão dos movimentos, respiração e evolução dos exercícios. Descubra como utilizar a musicalidade e os benefícios durante as aulas.

Planejamento de aulas

Saiba sobre a melhor formatação para suas aulas. Entenda toda a dinâmica dos movimentos e como tirar todo o proveito da instabilidade do ambiente aquático.

O Curso a Distância Hidroginástica "Consciência e Movimento" é composto por 21 aulas, totalizando mais de 150 minutos em videoauals que você tem acesso por 1 ano. Você pode assistir no Computador, Celular (sem necessidade de aplicativo) e até na SmartTv.



Além das videoaulas, você tem acesso a 2 materiais didáticos em PDF elaborados para ilustrar de forma visual o conteúdo e para fácil consulta quando você precisar. Ao término do curso, será disponibilizado na própria plataforma o Certificado de Conclusão.

Não perca a chance de ter esse ótimo material, com conteúdo excelente!

Clique na imagem abaixo e tenha todas as informações!

http://3.bp.blogspot.com/--bh4hD7vuuw/WVY7EkgsDuI/AAAAAAAAUOM/ZrE5-avG0xYykRcbMBOEDFJey9NZ4XRLQCK4BGAYYCw/s1600/inscreva-se-no-curso.jpg

Mais informações sobre o Produto:


Qualquer dúvida, é só mandar um email para queroconteudo@gmail.com
Acesse outros produtos desta mesma categoria.
10:58:00

Curso de Avaliação Cardiorrespiratória para Academias e Personal Trainers


Um dos procedimentos mais negligenciados dentro das academias e no próprio Personal Trainer é a falta de uma Avaliação Física criteriosa. Uma boa avaliação física propicia ao profissional dados funcionais que lhe permitam realmente AVALIAR o nível de aptidão física atual de um indivíduo para um correto diagnóstico e consequentemente o estabelecimento de metas a serem alcançadas com o programa de treinamento.

Sendo assim, este curso tem o objetivo de lhe auxiliar a entender alguns conceitos sobre o CONSUMO MÁXIMO DE OXIGÊNIO (Vo2máx) e sua importância na sua aplicação, seja para performance ou para a saúde. Desta forma ficará mais fácil de compreender como a melhoria do condicionamento aeróbio pode auxiliar a queimar mais gordura não apenas durante o exercício, mais após o exercício em repouso.

Conteúdo Programático

Aula 1.0 - Conceito e Definição sobre o Vo2máx e Capacidade de Trabalho
Aula 2.0 - Conceitos e Parâmetros Fisiológicos: Débito Cardíaco, Volume de Ejeção e Diferencial Artério Venoso de O2
Aula 3.0 - Fórmulas de frequência cardíaca para prescrição de treinamento, existe uma que seja a melhor?
Aula 4.0 - VOmáx. e Diagnóstico de Aptidão Cardiovascular, Capacidade Aeróbia e Capacidade de Trabalho Motor
Aula 5.0 - Mets - Equivalente Metabólico da Tarefa
Aula 6.0 - Gasto Calórico do Exercício Dinâmico
Aula 7.0 - Treinamento e Gasto Calórico da Caminha/Corrida Outdoor e da Natação
Aula 8.0 - Limiar Anaeróbio e Ponto Compensação Respiratória (RCT)
Aula 9.0 - Aplicação do Teste de VO2máx - Parte Prática

Obs: O Curso contém certificado, apostila e materiais de apoio como e-books, artigos e planilhas.

Curso com conteúdo  100% On Line mais o conteúdo da Aula Prática!
Tendo acesso a internet, você pode acessar de qualquer lugar vezes quiser.
Acesso total ao curso por 6 meses!

Não perca a chance de ter esse ótimo material, com conteúdo excelente!

Clique na imagem abaixo e tenha todas as informações!

http://3.bp.blogspot.com/--bh4hD7vuuw/WVY7EkgsDuI/AAAAAAAAUOM/ZrE5-avG0xYykRcbMBOEDFJey9NZ4XRLQCK4BGAYYCw/s1600/inscreva-se-no-curso.jpg

Mais informações sobre o Produto:


Qualquer dúvida, é só mandar um email para queroconteudo@gmail.com
Acesse outros produtos desta mesma categoria.
10:42:00

2 Cursos Completos: Pilates e Funcional para Idosos


Um material completo e inovador criado para você atender o público idoso com mais qualidade, capacitando ainda mais os profissionais ao atender idosos com o uso de Pilates e Funcional.

Possui exercícios específicos, com adaptações e sugestões inovadoras trazidos por 3 professores especialistas em idosos, além de contar com apostilas e slides para uma formação completa.


Curso 1 – Pilates para Idosos

  • Módulo Teórico
  • Módulo Teórico 1: Entendendo o envelhecimento populacional
  • Módulo Teórico 2: Composição da população idosa 1980 – 2040
  • Módulo Teórico 3: Fisiologia do envelhecimento
  • Módulo Teórico 4: Alterações cardiovasculares do envelhecimento
  • Módulo Teórico 5 Envelhecimento do sistema nervoso
  • Módulo Teórico 6: Alterações no equilíbrio nos idosos
  • Módulo Teórico 7: A importância do equilíbrio para evitar quedas
  • Módulo Teórico 8: Revisão integrativa
  • Módulo Teórico 9: Efeitos dos exercícios físicos nos idosos
  • Módulo Teórico 10: Pilates na qualidade de vida do idoso
  • Módulo Teórico 11: Como atrair o público idoso para seu stúdio e fidelizá-los
  • Módulo Teórico 12: A vivência do método Pilates sobre três prismas
  • Módulo Teórico 13: Direitos constitucionais do idoso
  • Módulo Teórico 14: Como direcionar uma aula de Pilates para idosos
  • Slides
  • Apostila teórica e prática
  • Módulo Prático
  • Módulo Prático 1: Reformer
  • Módulo Prático 2: Chair
  • Módulo Prático 3: Barrel
  • Módulo Prático 4: Cadillac
  • Módulo Prático 5: Solo

Curso 2 – Funcional para Idosos

  • Módulo Teórico
  • Módulo Teórico 1: Introdução
  • Módulo Teórico 2: O Envelhecimento
  • Módulo Teórico 3: Neurofisiologia
  • Módulo Teórico 4: Avaliação Neurofuncional
  • Módulo Teórico 5: Avaliação Músculo Esqueléticas
  • Módulo Teórico 6: Sistema Sensorial
  • Módulo Teórico 7: Pilates Aplicado a Funcionalidade do Idoso
  • Módulo Teórico 8: Treinamento Funcional Aplicado ao Idoso
  • Módulo Teórico 9: Planejamento do Programa de Aula
  • Módulo Prático
  • Módulo Prático 1: Competência Funcional
  • Módulo Prático 2:  Capacidade Funcional
  • Módulo Prático 3: Agilidade
  • Módulo Prático 4: Cadillac
  • Módulo Prático 5: Performer
  • Módulo Prático 6: Chair

Saiba mais sobre o público que mais cresce nos studios de Pilates e funcional!

Não perca a chance de ter esse ótimo material, com conteúdo excelente!

Clique na imagem abaixo e tenha todas as informações!

http://3.bp.blogspot.com/--bh4hD7vuuw/WVY7EkgsDuI/AAAAAAAAUOM/ZrE5-avG0xYykRcbMBOEDFJey9NZ4XRLQCK4BGAYYCw/s1600/inscreva-se-no-curso.jpg

Mais informações sobre o Produto:


Qualquer dúvida, é só mandar um email para queroconteudo@gmail.com
Acesse outros produtos desta mesma categoria.
facebook

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *