Curso online de Musculação do Iniciante ao Avançado

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

O que é Wellness?






O conceito de Wellness apresenta-se como uma filosofia de “bem-estar”, que tem como base o desejo de uma vida mais sã e serena, permitindo ultrapassar as “batalhas diárias”, fontes de preocupação de tudo o que nos rodeia, relembrando que a “chave da solução” para os problemas pode estar dentro de Nós (Albuquerque, 2005). Para muitos o termo saúde ainda significa simplesmente “a ausência de doença” e um grande número de pessoas que não apresentam sinais de doenças ou enfermidades, consideram-se sadios.Ser sadio não é simplesmente ter um corpo sem doenças, bem torneado e magro, é sim, uma combinação do sentir-se bem consigo e com aquilo que faz.

A palavra saúde deveria estar associada ao corpo e à mente, simultaneamente, como o termo Wellness que significa o bem-estar, ao invés de ser associada à ausência de doença. Hoje, saúde não é uma questão de chances, é uma questão de escolha. Ser uma pessoa saudável é tornar-se responsável pela sua saúde.

Exercitando-se regularmente e praticando consistentemente outros hábitos positivos com relação ao estilo de vida, os benefícios virão com certeza: saúde melhor, menor risco com relação às doenças, inabilidade física e morte prematura, assim como, o tão almejado resultado estético.

A massagem pode ser uma viagem de auto-descoberta, revelando como é sentir-se mais relaxado e em harmonia, como é vivenciar o prazer de um corpo que pode respirar, prosseguir e movimentar-se livremente. Agora é tempo de redirecionar o equilíbrio e nos voltarmos para nosso corpo, pela suave arte do toque e do contato. Desligar-se do mundo é possível, através das terapias que proporcionam um relaxamento completo.

Cada uma delas é baseada em propriedades de ingredientes naturais e na atualização dos preceitos de diferentes culturas.

O processo é sempre fascinante e as respostas, surpreendentes, ideais para reenergizar o corpo, relaxar a mente e revigorar a alma.


Comente:


Nenhum comentário:

facebook