Curso online de Musculação do Iniciante ao Avançado

sexta-feira, 27 de junho de 2014

16:25:00

GAP - a modalidade que queima 400 calorias em uma hora


GAP a modalidade que queima 400 calorias em uma h

Quando pensa na parte do corpo que quer ver durinha com a malhação, a primeira coisa que vem à sua cabeça são bumbum, pernas e abdômen? Se você não tem muito tempo para dedicar à academia, pode ter certeza que a atividade física mais indicada é o GAP -- Glúteo, Abdome e Pernas -- e, não é só isso, a modalidade é capaz de tonificar as áreas mais cobiçadas pela ala feminina e, de quebra, queimar 400 calorias em uma hora.

Já conhece o blog da Educação Física?

Para quem acha que a boa e velha aula de GAP já está ultrapassada, saiba que não é bem assim.

Apesar de ter surgido nas academias, nos anos 90, a técnica é muito bem aceita pelas mulheres que querem ver o corpo durinho, pois, acredite você ou não, em um único movimento é possível trabalhar diversos músculos.

Se animou com a modalidade, mas ainda precisa de um incentivo extra? A gente listou alguns benefícios do GAP para você -- de uma vez por todas - começar a malhar.

1. A aula trabalha as partes mais cobiçadas pelas mulheres: bumbum, barriga e pernas. Ou seja, tudo que a gente quer deixar -- maciçamente -- no lugar para deixar a silhueta tonificada e curvilínea.

2. Você frita 400 calorias em apenas uma hora.

3. Os resultados são pra lá de eficientes e, em algumas semanas, já é possível notar as mudanças no corpo.

4. Favorece o desempenho em outras atividades, desde uma corridinha no final de semana até a sua performance na cama.

5. As aulas podem ser feitas por todas as pessoas -- desde que não tenham restrição médica --, uma vez que as cargas variam de acordo com o tipo físico de cada aluno.

6. Melhora o condicionamento físico, a flexibilidade, coordenação motora, equilíbrio e concentração.

quarta-feira, 25 de junho de 2014

18:59:00

Quatro abdominais que deixam a sua barriga definida


Para ficar com a barriga definida basta fazer abdominais, certo? Errado. Antes, é preciso acabar com a camada de gordura que se acumulou na parte abdominal, chamada gordura central. O abdominal busca o fortalecimento e a tonificação dos músculos, e não queimar calorias. Quem começa a fazer esse exercício buscando perder peso, está perdendo tempo. Para ficar com os músculos da barriga definidos e aparentes, é preciso primeiro perder a camada de gordura acumulada na região da barriga.

Os exercícios abdominais não devem ser feitos todos os dias pois sobrecarrega a musculatura, causando dores e lesões que prejudicam o programa de exercícios. Normalmente, pessoas que tentam fazer todos os dias com pressa de ficar com a barriga definida passam semanas lesionadas.

Acesse o blog da Educação Física

Também é preciso variar os tipos de abdominal para ter uma barriga bem definida por completo. Cada tipo de abdominal trabalha uma parte da barriga. Desde o clássico até o feito com as pernas elevadas, todos têm um benefício para um músculo determinado da barriga


Abdominal tradicional - Foto Getty Imagtes

Abdominal tradicional

Para quem está começando, esse sem dúvida é o tipo de abdominal mais indicado. Como o movimento é simples e intuitivo, é mais difícil se movimentar errado e não ter resultados positivos. O primeiro passo é ficar deitado com as costas encostadas no chão, e com as pernas flexionadas, com os joelhos apontando para o teto e como os pés apoiados no chão. Depois, basta levantar a parte superior do corpo apenas com a força dos músculos abdominais, sem ter pressa ou sem tentar encostar o peito nos joelhos flexionados. Seguindo essas dicas, é mais provável que só o abdômen esteja sendo trabalhado. O abdominal tradicional trabalha principalmente a parte superior do abdômen, tanto por causa da respiração quanto pelo movimento do corpo.

O número de abdominais desse tipo indicado para cada pessoa é em torno de três séries de 25 flexões a cada dois dias. Uma técnica eficiente para saber quantas flexões devemos fazer é a seguinte: faça o máximo de abdominais que conseguir sem parar. Conte o número de flexões e o divida por dois. Depois disso, faça três séries desse número. Se uma pessoa consegue fazer 30 flexões sem parar, ela é capaz de fazer três séries de 15 sem ficar sobrecarregada.  

Abdominal oblíquo - Foto Getty Images

Abdominal oblíquo (perna cruzada)

Esse tipo de exercício deve ser feito para quem busca tonificar especificamente a parte lateral, também chamada de musculatura oblíqua, do abdômen. Ele não é simples de ser feito, mas não é tão intenso quanto o abdominal com perna elevada e o com apoio.

Por mais que a concentração na contração muscular seja necessária em todos os tipos de abdominal, para o obliquo a atenção deve ser dobrada. Como se trata de um movimento complexo, que envolve perna, braços e barriga, é comum que as pessoas estejam puxando a cabeça com os braços no final do exercício.

Para começar, flexione e cruze uma perna por cima da outra, apoiando a panturrilha de uma das pernas no joelho da outra. Mantenha um braço atrás da nuca e outro estendido do lado do corpo. O braço flexionado deve estar do lado contrário da perna dobrada. Depois de estar nessa posição, faça a elevação como se estivesse tentando encostar o cotovelo do braço que está flexionado no joelho da perna apoiada. Pode ser realizada 30 vezes de cada lado a cada dois dias, e não é aconselhável para quem tem algum tipo de problema na região cervical.

Abdominal com apoio - Foto Getty Images

Abdominal com apoio

Esse tipo de abdominal é mais intenso do que o tradicional e deve ser feito com menos repetições. Como é um movimento mais difícil, 10 repetições por dia já são suficientes para trabalhar os músculos de forma satisfatória. Utilize uma cadeira para apoiar as pernas e deixá-las alinhadas com os joelhos. Com as mãos na nuca, faça o movimento de elevação, depois volte à mesma posição. É importante que as pernas fiquem paralelas ao solo e não mudem de posição. Com esse movimento, os músculos da parte inferior e mediana do abdômen são fortificados.

Mas, como se trata de um movimento muito específico, que força bastante a coluna, pessoas que têm problemas de hérnia de disco não devem fazer esse tipo de abdominal. 

abdominal com perna elevada - Foto Getty Images

Abdominal com perna elevada

Esse tipo de abdominal é parecido com o feito com apoio de uma cadeira, com a diferença de que as pernas devem ficar elevadas sem nenhum tipo de auxílio. Só essa posição já é suficiente para forçar a parte inferior dos músculos abdominais. Mas, quando o exercício começa de verdade, as musculaturas inferior, média e superior de nossa barriga são trabalhadas ao mesmo tempo, tornando esse tipo de abdominal, além do mais intenso, o que trabalha mais músculos. 

Curta nossa página no Facebook

Como é um exercício bastante avançado, devem ser feitas apenas 20 flexões, para todas as pessoas que não tem nenhum tipo de problema de coluna. Quanto mais devagar for feito o abdominal, maior será o resultado que o exercício demonstrará.

sábado, 21 de junho de 2014

12:32:00

Fisiculturistas apostam em bronzeamento a jato para campeonatos

http://www.semprebelaestetica.com.br/adm/fotos/bronzeamento_a_jato.png

Alimentação, malhação pesada e muito foco. Estes são os três principais elementos de quem quer ser fisiculturista. Porém, os cuidados não param por ai, já que a aparência também vale muitos pontos. Muitos fisiculturistas apostam na depilação e no bronzeamento a jato para valorizar ainda mais os movimentos e maquiar alguma marquinha na pele.

O bronzeamento traz ainda mais destaque aos movimentos. Geralmente com a pele bronzeada, o pessoal se sente mais bonito e confiante.

Há também uma tinta especial no corpo, mas que a experiência com o bronzeamento foi muito positiva. A tinta usada normalmente deixa a pele com um tom meio dourado, com o bronzeamento a jato, o tom da pele ficou bonito e mais natural. Muitas pessoas elogiaram o resultado.

O bronzeamento por vaporização ou a jato possui uma fórmula que agrega uma coloração natural, ou seja, não mancha e nem deixa a pele amarela ou alaranjada. Após a secagem que dura de 10 a 20 minutos, já é possível ver o resultado.

Sem contraindicações, outra vantagem do bronzeamento é que disfarça celulites e estrias, sem risco de envelhecimento precoce, se adaptando a todos os tipos de pele. Os resultados duram de 7 a 10 dias.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

09:15:00

Aulas clássicas que fazem sucesso na academia

mulher bicicleta ergométrica euatleta (Foto: Getty Images)

https://lh6.googleusercontent.com/_ewGdBCzawak/TdCDQ0fGjoI/AAAAAAAAEzM/akvWNiphZ1U/aula_gin%C3%A1stica.jpg

Mesmo com algumas atividades novas, algumas antigas resistem e continuam ganhando fãs nas academias. Ginástica localizada, spinning (ciclismo indoor), alongamento, yoga, natação e hidroginástica estão entre as aulas que não podem faltar na grade de exercícios. O professor de educação física Bruno Lima mostra quais aulas clássicas fazem sucesso entre os alunos e destrincha suas características. 

Elas têm comprovadamente ao longo dos anos se mostrado efetivas, porque a maioria das pessoas procura a perda de peso, aumento da massa muscular e melhora do condicionamento cardiovascular praticando todas essas atividades físicas.

A aula de spinning, por exemplo,  dá um ótimo condicionamento físico. E como não é uma aula muito longa, que dura em torno de 40 minutos, dá para conciliar com outras atividades.

A aula de localizada se caracteriza por trabalhar o corpo inteiro, além de deixar o batimento cardíaco sempre acelerado. Dessa forma, você garante uma queima calórica muito intensa.

Sempre estão surgindo novas atividades, outras vão se perpetuando e também entra o componente do grupo e da música, que é muito importante. Muita coisa evoluiu entre material e equipamento, como as caneleiras, halteres e também as bicicletas. Porém, não resta dúvida que as aulas clássicas são o coração de uma academia.
facebook