Curso online de Musculação do Iniciante ao Avançado

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

08:19:00

Crossfit utiliza exercícios olímpicos para definição corporal

Crossfit Petrolina (Foto: Magda Lomeu)

Já imaginou reunir em uma mesma atividade física, exercícios olímpicos como ginástica rítmica, levantamento de peso e exercícios militares? O Crossfit proporciona essa diversidade de atividades, na busca de músculos mais desenhados e emagrecimento. Por isso, a modalidade é uma opção viável para quem chegar em forma ao verão. 

Os objetivos do Crossfit são melhorar a definição corporal e a eficiência da musculatura. Por ser uma atividade intensa, que trabalha com grupos musculares de todo corpo, o Crossfit deve ser praticado no máximo três vezes por semana, em dias alternados, para que haja repouso dos músculos e articulações. Além disso, quem possui alguma restrição médica não deve praticar a atividade. 

O formato do Crossfit há cinco anos era diferente de hoje, eles tentavam levar ao máximo de esforço físico e com o máximo de tempo possível que a pessoa suportasse o exercício, então eram treinos de uma hora e meia, mas isso foi mudando para não colocar risco a saúde. A metodologia do treino foi mudada para que ficassem mais curtos. Por exemplo, um treino de 18 minutos é um dos  mais longos que a gente usa. É comum treino de sete minutos, cinco minutos levando o corpo também a intensidade mais alta que ele conseguir.

Base desse post

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

12:16:00

5 Exercícios Dde Treinamento Funcional para fortalecer os Glúteos

http://www.olivre.com/wp-content/uploads/2012/07/exercicios-para-fortalecer-os-gluteos-sem-cirurgia1.jpg

Se você está desanimada ao olhar no espelho e ver um glúteo que não te pertence, não se desespere! com uma atividade física prazerosa em 4 meses seu glúteo será outro. Esse exercício pode ser feito durante um mês e ir variando mês a mês e ser associado a outros exercícios passados pelo nosso professor.
 
Experimente o treino com o "mini band" (faixa elástica) abaixo, elaborado pelo Eduardo Rodrigues, personal trainner especialista em treinamento funcional e pilates do Fit Body Pilates e comprove os resultados.
 
1-AQUECIMENTO
 
Em pé, com o mini band no tornozelo, faça, simultaneamente, os movimentos de abdução de quadril (abertura da perna) com uma das pernas e agachamento. Retorne à posição inicial e faça o mesmo com o outro lado do corpo. Realize 20 repetições para cada lado.
 
2-EXTENSÃO DE QUADRIL
 
Com o mini band nos tornozelos e as mãos apoiadas em uma parede ou árvore (se estiver no parque), mantenha os pés paralelos e flexione os joelhos, jogando suavemente o quadril para trás. Realize 3 séries de 15 a 20 repetições.
 
3-SUBIDA NO STEP
 
Com um dos pés em cima do step e o outro no chão, impulsione o corpo até deixar as pernas retas e retorne à posição inicial. Mantenhas os glúteos contraídos durante o movimento. Realize de 10 a 15 repetições para cada perna.
 
4- AGACHAMENTO COM BASTÃO
 
Afaste os pés na largura dos ombros e segure o bastão acima da cabeça. Fixe os pés no chão e flexione o quadril e o joelho até onde o ombro permitir ou até as pernas formarem um ângulo de 90 graus. Realize 3 séries de 10 a 15 repetições.
 
5- AGACHAMENTO COM MEDICINE BALL
 
Afaste os pés na largura do quadril, lance a medicine ball para cima e pegue-a de volta, fazendo um agachamento com as pernas abertas e os pés levemente apontados para fora. Faça 3 séries de 15 a 20 repetições.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

17:15:00

Treinamento Funcional em gestantes

O treinamento funcional para gestantes tem como princípio preparar o organismo de maneira íntegra, segura e eficiente através do centro corporal, chamado nesse método por CORE (músculos para vertebrais – ou da coluna, músculos abdominais, músculos do assoalho pélvico).

O treinamento funcional tem como objetivo a melhora da propriocepção, equilíbrio e do acionamento dos músculos do CORE com intuito de diminuir a incidência de dores lombares e, provavelmente, o aparecimento de lesões, podendo ser executado em superfícies instáveis ou estáveis.

O treinamento funcional na gravidez veio para ficar, pelo menos por alguns anos essa modalidade estará na lista das academias e prioridade dos profissionais. No treinamento funcional existe uma variação muito grande de exercícios e equipamentos que podem ser utilizados. O profissional deverá conhecer muito bem cada exercício e material para adaptá-lo para a gestante. Não são todos que ela poderá fazer. As grandes instabilidades e exercícios arriscados devem ser tirados do quadro de exercícios selecionados.

Na gravidez a orientação deve ser sempre a segurança da gestante não só pela superfície estável, mas também pelo grau de dificuldade ou ação do exercício. É importante que o profissional conheça bastante da gravidez e do treinamento funcional para aplicá-lo. Além disso, deve-se levar bastante em conta as modificações posturais durante a gravidez e o quanto o treinamento funcional poderá amenizar essas modificações e as dores na lombar.

Modificações Posturais durante a Gravidez

O período gestacional compreende diversas mudanças corporais, no qual a mulher sofre adaptações fisiológicas e anatômicas. Essas adaptações e modificações são provocadas pelas necessidades funcionais e metabólicas impostas pela gravidez.

O mecanismo compensatório postural mais relatado pelos especialistas é a acentuação da curvatura lombar da mulher comparado ao aumento progressivo do volume abdominal.

Dor Lombar na Gravidez

Uma das complicações mais comuns da gravidez é a dor lombar e cerca de 50% das mulheres sofrem durante a gestação. O exercício tem sido utilizado como uma das medidas preventivas para a dor lombar e desde cedo, se adotado com orientações posturais e ergonômicas, exercícios de alongamento, fortalecimento e relaxamento muscular. Esses procedimentos têm tido efeitos positivos sobre a diminuição da intensidade da dor lombar em gestantes.

Os exercícios de alongamento fazem parte das recomendações preventivas que devem ser destinados para o relaxamento e compensação da musculatura lombar, levando também a mulher a uma percepção corporal permitindo-a reconhecer quando houver sobrecarga da região durante a execução de alguma atividade, ou manutenção prolongada de uma postura. No entanto esses exercícios devem ser conduzidos com conhecimento, pois a gestante neste período também tem sua flexibilidade aumentada.

Com ajuda daqui

facebook