Saiba mais sobre o Power Yoga










Diferentemente do Yoga, o Power Yoga trabalha as posições básicas tradicional da prática, mas, também são usados elementos extras para os movimentos, o que acaba gerando um calor corporal. Com isso, é possível manter os músculos aquecidos, permitindo um maior alongamento e flexibilidade. A respiração consciente é constante durante todos os movimentos, promovendo energia e disposição.

O Power Yoga é indicado para as pessoas que procuram uma alternativa de conciliar o trabalho do corpo e da mente ao mesmo tempo. Não é contra-indicações para a prática, desde que a pessoas esteja em boas condições ou que tenha sido indicado por algum médico.

Principais efeitos do Power Yoga:

Desenvolve o tônus muscular, fortalecendo todo o corpo.
· Alonga os músculos, devolvendo agilidade aos movimentos.
· Amplia a capacidade pulmonar.
· Harmoniza o sistema endócrino.
· Aprimora o alinhamento postural.
· Melhora a circulação sangüínea.
· Aumenta a resistência física, o equilíbrio, e a consciência corporal.
· Reduz o estresse.
· Melhora a concentração, o raciocínio e a criatividade.
· Traz equilíbrio mental e serenidade emocional.

Sequência

Comece com o Surya Namaskar B (Saudação ao Sol). Fique em Tadasana (Postura da Montanha). Inspire, dobre os joelhos, levantando os braços e olhe para as mãos, ficando em Utkatanasa (Postura Poderosa). Expire, desça seus braços bem abertos para o lado e mova o queixo em direção às canelas em Uttanasana (Postura do Alongamento Intenso). Passe para Ardha Uttanasana (Meia Postura do Alongamento Intenso), inspirando e arqueando o tronco em uma leve retroflexão com os braços estendidos e a cabeça olhando para frente. Expire e coloque as duas pernas para trás em Chaturanga Dandasana (Postura dos Quatro Apoios). Faça o Adho Mukha Svanasana (Postura do Cachorro Olhando para Baixo), inspirando e estendendo os braços para levar o tronco para cima. Olhe para o teto. Vá para Adho Muka Svanasana (Postura do Cachorro Olhando para Baixo), elevando o quadril, levando a cabeça para baixo para formar um triângulo com o corpo.

Passe para o Virabhadrasana II (Posição do Guerreiro II). Leve a perna esquerda para trás, com cerca de quatro palmos de distância entre os pés. Flexione o joelho direito até que fique em cima do calcanhar e desça os quadris para que fique na mesma linha do joelho direito. A cabeça deve ser puxada para o teto e os braços afastados na linha dos ombros.

Em seguida, faça a seqüência de Vinyasa. Partindo do guerreiro, leve as mãos ao chão e a perna direita para trás. Ficando na posição de prancha (Chaturanga Dandasana) e mantenha os cotovelos colados ao corpo. Role os dedos, apoiando o dorso dos pés no chão. Estenda os braços, elevando o centro do peito para cima, com os joelhos estendidos e fora do solo. Desta posição, erga os quadris para o alto, alongando a coluna (Adho Mukha Svasana). Volte para a Posição do Guerreiro, agora com a perna esquerda na frente. Repita a seqüência para o outro lado.


Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Saiba mais sobre o Power Yoga Saiba mais sobre o Power Yoga Reviewed by Dani Souto EF on 09:20:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Curta e Siga em Rede Sociais