Curso online de Musculação do Iniciante ao Avançado

segunda-feira, 20 de maio de 2019

11:37:00

Emagreça mais rápido com o Hiit




HIIT é mais agradável e gera melhores resultados favoráveis à perda de medida do que atividades de média ou baixa intensidade.

Estes exercícios incluem atividades de resistência e cardio, envolvendo esforço físico exaustivo em um curto período de tempo seguido de uma curta recuperação.

A principal ênfase de HIIT deve incluir uma rotina de 60 segundos, e, em seguida, descanso de 1-2 minutos, dependendo do nível de exercício.

Ao se acostumar com HIIT você pode reduzir o trabalho para descansar: proporção de 3:1, 2:1, e, eventualmente, até 1:1 (1 minuto de atividade e 1 minuto de descanso).

Durante o treino intervalado de alta intensidade o coração bombeia a 85 por cento da taxa máxima. Isto em uma simples escala de 1-10 seria entre 8-9 no esforço para respirar.

Estudos indicam menos de 27 minutos de HIIT, 3 vezes por semana, como eficazes em produzir o mesmo que treinamentos anaeróbico e aeróbico de 60 minutos no estado estacionário 5 vezes por semana.


O HIIT não se trata exatamente de uma seleção de uma série de exercícios a serem feitos em uma sessão. Ele está mais relacionado à intensidade na qual essas atividades físicas serão feitas e na sua aplicação. A técnica parte da premissa de que fazer pequenas séries explosivas e intensas de determinada atividade oferece maiores benefícios do que passar mais tempo fazendo a mesma série em um ritmo mais lento.

E isso pode se aplicar a diversas modalidades como natação, boxe, remo, pular corda e principalmente corrida do tipo sprint. Isso porque a maioria das pesquisas feitas sobre as vantagens do treino intervalado de alta intensidade (HIIT) utilizaram a corrida sprint como objeto de estudo. Logo, esse tipo de exercício é uma aposta mais segura em relação aos benefícios desse treinamento.

Para obter os benefícios do HIIT é preciso saber quanto tempo devem durar as séries e cada um de seus intervalos. Para termos uma noção, uma pesquisa realizada na Austrália mostrou que um grupo de mulheres que realizou um treino de 20 minutos de HIIT, com sprints de oito segundos, seguidas de intervalos de descanso de 12 segundos eliminaram seis vezes mais gordura corporal do que outro grupo que seguiu uma série de 40 minutos de exercícios aeróbicos executados em uma intensidade constante referente a 60% de sua máxima frequência cardíaca.

Outro estudo, feito por pesquisadores da Universidade de Ontário Ocidental, no Canadá, revelou que pessoas que fizeram de quatro a seis sprints de 30 segundos, com períodos de descanso de quatro minutos, eliminaram o dobro de gordura corporal do que aqueles que tinham se exercitado em um ritmo constante.

Os resultados desses dois trabalhos científicos nos mostram que quanto menor for o período de descanso, maior será o benefício em relação à queima de gordura.

Por outro lado, não devemos deixar de levar em consideração o fato de que com toda a sua intensidade, o HIIT exige bastante do corpo. Para evitar o overtraining – que é quando o praticante treina além do limite do seu corpo e que traz fadiga, perda de força e resistência, dor muscular constante e queda da resistência imunológica, entre outros problemas – e danos ao sistema nervoso central, a recomendação do treinador Grannell é que a carga na qual os exercícios são executados mude frequentemente.

O sprint demanda muito do cérebro e do corpo, então o descanso adequado é importante para maximizar a performance e os resultados. Quanto maior for o período em que você faz o sprint, maior será a quantidade de tempo que você precisará descansar.

De maneira geral, a recomendação para estimular a perda de gordura é que os sprints durem de oito a 30 segundos em sessões com 20 minutos de duração. Você deve respeitar o período de descanso adequado para o seu corpo, mas também não pode esquecer que o seu treinamento não pode deixar de ser intenso. Já a frequência indicada é de duas a três vezes por semana, para ajudar a melhorar a forma física e colaborar com a saúde do coração.

O ideal para definir o melhor tempo de realização dos exercícios e dos intervalos de descanso para perder peso é contar com a ajuda de um profissional de educação física, que te orientará em relação ao que trará os benefícios que você deseja, sem acarretar nenhum problema de saúde.

O volume do treino intervalado de alta intensidade (HIIT)

É praticamente impossível manter o ritmo de um sprint por muito tempo, mas a boa notícia é que são justamente os intervalos propostos pelo HIIT que permitem o descanso e recuperação e oferecem ao praticante a possibilidade de fazer várias corridas intensas em um mesmo treino.

O sprint causa um efeito tão potente aos hormônios do corpo que não é necessário correr por um período muito longo para promover a eliminação de gordura.

A qualidade dos sprints é muito mais importante. O HIIT requer bastante foco e muita energia. Então, se você consegue malhar por um período extenso de tempo – muito maior que 20 minutos – talvez você não esteja fazendo direito.

O HIIT é apenas o método de treino. O uso de corrida ao ar livre, esteira, bicicleta ou qualquer outro implemento constitui o que é chamado de meio de treino. Ou seja, a pessoa pode fazer HIIT com corda naval, kettlebells e até com exercícios usando o próprio peso do corpo.

Dá para fazer treino hiit nadando, agachando, pulando corda, correndo, flexionando, em treinos de peitoral, ombros e bíceps, etc. Enfim, o que define a alta intensidade não é o conceito, mas sim a prática dentro do esporte que você já domina.

Quer potencializar o seu conhecimento sobre Hiit e Emagrecimento? Conheça o Workkshop  "Emagrecimento e Estética Feminina: Aplicações do HIIT". Tem como objeitvo Capacitar os Profissional de Educação Física a Prescrever Treinamento HIIT para mulheres com o objetivo de emagrecimento.Clique aqui!
 
09:55:00

Avaliação Física na Academia



A realização da avaliação física dentro das academias é de vital importância para o resultado do aluno, porque é através dela que podemos quantificar o real estado do condicionamento físico do indivíduo

Os testes são divididos em antropométricos, que medem a composição corporal, e, ergométricos, que medem a aptidão cardiorrespiratória, ou seja, a sua capacidade de realizar exercício de intensidade moderada a alta, com grande grupo muscular, por períodos diversos. A realização de tal exercício depende do estado funcional dos sistemasrespiratório, cardiovascular e músculoesquelético. Com a avaliação física, você fica sabendo a sua real possibilidade de praticar qualquer modalidade, de que forma você deve fazer isso e o quanto você pode progredir com segurança.

Para iniciar um teste, é indicado que se faça inicialmente uma boa anamnese (entrevista), que nada mais é que um questionário para verificar seus hábitos gerais, prática de atividade física pregressa e atual, hábitos alimentares, existência de doenças hereditárias, cirurgias realizadas ou lesões que tenham deixado ou não sequelas.

Tipos de avaliação física

Em uma avaliação física completa podemos utilizar diversos testes, por exemplo: a bioimpedância para uma avaliação rápida do percentual de gordura por meio da passagem de uma corrente eletromagnética pelo corpo do avaliado (que ficará com 2 a 4 eletrodos – pontos de contato com a pele) para que a corrente percorra toda a extensão corporal. Com este teste é possível identificar o nível de água existente no organismo e quantificar o percentual de gordura geral e segmentar (braços, pernas e tronco).

Para o mesmo objetivo – composição corporal - podemos ainda citar a avaliação por dobras cutâneas, que é um método tradicional e muito eficaz que nos permite identificar o percentual de gordura, a massa magra (isenta de gordura). É executada quantificando várias medidas por meio de um compasso (adipômetro) e transferindo as medidas para fórmulas já estabelecidas (protocolos diferentes para cada tipo de pessoa ou grupo), estas já consideradas como padrão comprovadas por meio de vários estudos científicos.

Temos ainda os testes neuromusculares que visam identificar a resistência de grupos musculares, os níveis de força, o equilíbrio de força entre laterais, ou seja, lado direito e lado esquerdo do corpo, a potência produzida, a recuperação e a flexibilidade ou o arco de movimento (ADM) executado em movimentos diversos. Esses testes são fundamentais para a prevenção de lesões.

Com o avanço tecnológico, os grandes aliados dos treinamentos são os aplicativos, usados nos celulares ou tablets, que possibilitam monitorar (acompanhar remotamente) as prescrições realizadas a partir das avaliações. Os aplicativos aprimoram a capacidade de correções ou intervenções, antecipando ações ou reestruturando o programa de treinamentos de forma mais rápida, como por exemplo, os famosos frequencímetros e GPS que são extremamente usados por corredores.

Em suma, as avaliações físicas podem nos classificar ou ranquear, utilizando um vocabulário mais esportivo, por conta de quantificar todas as capacidades biomotoras (Força, Flexibilidade, Resistência, Potência etc.). É importante salientar que apesar de ser extremamente importante individualizar as avaliações e prescrições, podemos nos valer do enorme banco de dados (tabelas criadas a partir de muitos dados de pessoas avaliadas no mundo inteiro) para saber se a partir de uma avaliação física completa, está abaixo da média, na média ou acima da média quando comparado com estas tabelas já validadas pela ciência do esporte.


Pelo mundo afora muitos estudos acontecem, deforma ininterrupta, visando ter como base as prescrições pela ciência, além de alimentar o banco de dados. Esses estudos são executados por diversos integrantes da comunidade cientifica do esporte, como profissionais de educação física, médicos do esporte, fisioterapeutas, nutricionistas, entre outros.

Por meio da avaliação física o profissional terá parâmetros para identificar a melhor exercício físico para o seu aluno, assim como, a intensidade e frequência desse exercício. Diagnosticar as atividades que não deverão ser executadas por possíveis patologias (desvios posturais, lesões e reabilitações), alinhar os objetivos do aluno com a sua real necessidade. Costumo dizer que nem sempre o que o aluno quer é o que ele precisa! Estabelecer foco, determinar datas e resultados fazem parte de uma rotina de treinamento organizada e que com certeza atenderá as expectativas desse aluno.

Se você quiser aprimorar seus estudos na area de Avaliação Física, é recomendável que conheça o Curso de Avaliação Física Total para Treinamento Individualizado do Viajando pela Fisiologia. Clique aqui!

segunda-feira, 6 de maio de 2019

10:12:00

Treinamento Funcional e o Pilates para Idosos




O envelhecimento é acompanhado pelo declínio das capacidades funcionais, o qual resulta da interação de diversos fatores, tais como, fatores genéticos, estilo de vida e doenças crônicas.

Um dos fatores mais importantes para um envelhecimento saudável é ter autonomia e independência. Tomar banho, calçar um sapato ou pegar um objeto em um lugar mais alto, por exemplo, são atividades simples da vida. Entretanto, depois dos 65 anos podem se tornar mais complexas e até perigosas por conta dos efeitos do envelhecimento. Assim, o ideal é que a pessoa procure atividades para prevenir essas condições, como o treinamento funcional e o pilates.

O Treinamento Funcional e o Pilates possuem uma gama imensa de exercícios funcionais para idosos. Todos eles nos ajudam a construir as seguintes características no corpo na terceira idade:

Coordenação Motora
Propriocepção
Flexibilidade
Força
Capacidade Cardiorrespiratória

Devo colocar o aluno para treinar força?

É claro que sim, esse seu aluno também precisará de força para fazer suas atividades diárias.

Conforme envelhecemos o corpo perde massa muscular, e isso é um processo natural e inevitável. Por isso o treino de força é importantíssimo para evitar que essa perda de força afete suas atividades.

Sempre foque em exercícios que trabalham em múltiplos planos de movimento e também com várias articulações. É a maneira mais eficiente de melhorar o equilíbrio dos nossos alunos mais velhos.

Outra opção interessante em as aulas são os exercícios com mudança de direção. Isso é possível usando acessórios do Treinamento Funcional como cones e a escada de agilidade. Mesmo que esses alunos geralmente se movimentem devagar, devemos pedir que façam o exercício na maior velocidade que conseguirem.

Se eles treinarem isso em aula melhorarão sua velocidade de reação na vida diária também. O que quer dizer que será um ótimo trabalho para prevenir quedas e lesões nesses alunos.

Os idosos são um público diferenciado e precisam de cuidados especiais. Você não quer acidentes e velhinhos se machucando no seu Studio por falta de atenção. Minha primeira dica é: sempre acompanhe os alunos de perto.

Enquanto fazemos exercícios funcionais para idosos, ficar perto ajuda até a passar mais confiança para o aluno. Mesmo que seja só para você dar instruções verbais ou alguma motivação, não deixe a pessoa sozinha. Se acontecer uma queda ou até uma lesão grave você se arrependerá.

Outro fator importante é ficar atento a alunos que sofrem de condições como diabetes, pressão alta, problemas hormonais e afins. Se eles relatarem algum desconforto durante o exercício pare imediatamente e confira sua pressão. Só prossiga a aula quando o aluno estiver bem e você tiver certeza que é seguro.

Assim como a dor, sentir desconfortos em aula quer dizer que está na hora de parar. Isso provavelmente vai acontecer muito com alunos iniciantes que ainda não tem um bom condicionamento físico. De nada adianta ultrapassarmos seus limites se eles não vão voltar para a próxima sessão porque ficaram com medo.

Se você é profissional e procura um bom conteúdo de Pilates e Treinamento Funcional para Idosos, entre no grupo VIP do Whatsapp para ter um desconto especial no Curso Pilates e Funcional para Idosos, além de conteúdos específicos.
Siga o perfil pilatesefuncionalparaidosos no Instagram

terça-feira, 16 de abril de 2019

07:42:00

Como é a aula de Aeroboxe?

Resultado de imagem para aeroboxe

Uma boa aula de aeroboxe começa com um aquecimento dos membros inferiores, que é feito a partir de uma corrida moderada.

Na segunda parte começam os socos. Diante do espelho, você trabalha como se tivesse na frente de um lutador imaginário, aplicando golpes no ar. São quatro tipos de soco:

Jabs - soco curto com a mão que está a frente. Os destros mantém a mão esquerda a frente e os canhotos fazem o contrario.

Cruzados - simula o desenho de uma meia lua em direção na parte lateral do rosto a ser supostamente atingido.

Diretos - segue linha reta em direção ao rosto com a mão de três (direita, no caso dos destros).

Upers - como se fosse um gancho vindo de baixo para cima, para acertar o queixo do "adversário".

A terceira parte da aula consiste em golpes em duplas ou no Bob (boneco simulador). É a parte mais forte da aula. No caso dos exercícios em duplas, uma pessoa fica com as luvas e a outra segura a manopla para absorver os socos. Em intervalos de seis minutos, as posições são invertidas.

Quarta e última parte: são feitos exercícios de abdominal e depois alongamento, principalmente dos membros inferiores e da região lombar.

Vantagens

Entre os benefícios do aeroboxe está a melhora do condicionamento físico e, junto a isso, elevação da frequência cardíaca.

Outra vantagem é a queima de gorduras. Numa aula de uma hora, são queimadas cerca de 600 calorias.

As partes do corpo mais trabalhadas são abdomen, pernas, peitorais e ombros.

Em relação aos aspectos emocionais, o aeroboxe é bastante procurado para combater o estresse. De fato, passar uma hora do seu dia socando um Bob (boneco usado nas aulas) é uma boa maneira de eliminar as tensões do cotidiano.
Boa prática!

quarta-feira, 3 de abril de 2019

14:37:00

Benefícios da Musculação



A musculação é um dos caminhos mais procurados para quem busca uma vida mais saudável, um momento de bem-estar no dia a dia e uma forma eficiente de levar uma vida saudável.

Os benefícios da musculação vão muito além da estética de um corpo com músculos maiores e tonificados.

1. Atua como antidepressivo

Muitos médicos especialistas na saúde mental recomendam ao paciente que sofre de depressão  a atividade física como aliada do tratamento. A musculação feita de maneira regular traz muitos proveitos ao praticante.

Durante os treinos é liberada a endorfina, hormônio que causa sensação de bem-estar. Assim, será possível reduzir desequilíbrios químicos do cérebro que causam a depressão e ainda elevar a autoestima do paciente.

2. Acelera o metabolismo

Ter um metabolismo acelerado é o desejo de todas as pessoas que querem emagrecer, não é mesmo? A boa notícia é que nos treinos de musculação isso é possível. A explicação é que o tecido muscular continua gastando energia, mesmo depois dos exercícios.

Com isso, você terá mais músculos e menos gordura corporal, sendo visível o seu emagrecimento e a tonificação de seu corpo. A dica é usar uma carga de peso maior para chegar a perda de peso em menor tempo, sem ultrapassar o seu próprio limite, é claro.

3. Ajuda na saúde cardiovascular

Os exercícios de musculação também promovem benefícios importantes para o bom funcionamento do coração. Isso se explica ao fato de a atividade "forçar" o órgão a trabalhar mais pesado, o que diminui a pressão arterial e favorece o fluxo sanguíneo.

Com a saúde do sistema cardiovascular em dia, as chances de ter algumas doenças, como angina e insuficiência cardíaca, diminuem muito.

4. Protege os ossos

É comum muitas pessoas sentirem dor na coluna e serem diagnosticadas com alguma doença ou enfraquecimento ósseo. Por isso, muitos especialistas orientam a prática regular de musculação para a absorção de cálcio, que é um nutriente importante para a saúde óssea.

Outro ponto relevante é que quando a musculatura está tonificada, as articulações são protegidas, fazendo com que diminua as chances de acontecer uma fratura.

5. Deixa o corpo mais jovem

Podem ser homens ou mulheres, o fato é que após os 30 anos de idade ambos começam a perder massa muscular. Como consequência, surgem a falta de equilíbrio, perda da força e do desempenho físico.

Para evitar que os problemas decorrentes da falta de massa muscular surjam, comece o quanto antes a praticar musculação. Com o fortalecimento dos músculos, seu corpo vai sempre estar jovem e com boa disposição para encarar os desafios do dia a dia.

Principais exercícios da musculação

Fazem parte dos treinos de musculação os exercícios de repetição que estimulam a força como o levantamento de peso, por exemplo. Abaixo segue a lista das atividades mais conhecidas:

  • Supino Reto;
  • Agachamento com barra;
  • Barra fixa;
  • Remada;
  • Leg press;
  • Abdominal;
  • Tríceps francês;
  • Encolhimento com halteres em pé;
  • Elevação de pernas;
  • Levantamento terra;
  • Mesa romana.

Por fim, vale ressaltar sobre a importância da orientação de um profissional para que os benefícios da prática da musculação seja atingida com segurança. Feito isso, usufrua do que o exercício tem de melhor para sua saúde.

Curso Biomecânica Aplicada à Musculação

O curso  Biomecânica Aplicada à Musculação apresenta um módulo prático com 17 aulas, a qual são apresentados de maneira fácil vários exercícios relacionados ao CORE. No entanto, se você tiver dificuldade em entender, existe um módulo teórico com 11 aulas, para que em caso de dúvida ou falta de conhecimento de algum conceito, assim, fica possível e fácil consultar. Clique aqui e saina mais!

segunda-feira, 1 de abril de 2019

14:16:00

Curso Online​​​​​​ Hidroginástica "Consciência e Movimento"




Curso à distância onde você aprenderá sobre o Hidroginástica com Denise Amaral, Os temas abordados são planejamento de aulas, exercícios para trabalhar a região abdominal e material didático imprescindível para um profissional Fitness Aquático qualificado.

O que você aprenderá

Hidro Maturidade

Como se dá o processo de envelhecimento e como as propriedades físicas da água atuam para contribuir positivamente com esse processo.

Segurança

As Melhores Estratégias para elaborar treinamentos e trabalhar com público sênior de forma segura e eficiente.

Acqua Pilates

Técnicas desde a precisão dos movimentos, respiração e evolução dos exercícios. Descubra como utilizar a musicalidade e os benefícios durante as aulas.

Planejamento de aulas

Saiba sobre a melhor formatação para suas aulas. Entenda toda a dinâmica dos movimentos e como tirar todo o proveito da instabilidade do ambiente aquático.

O Curso a Distância Hidroginástica "Consciência e Movimento" é composto por 21 aulas, totalizando mais de 150 minutos em videoauals que você tem acesso por 1 ano. Você pode assistir no Computador, Celular (sem necessidade de aplicativo) e até na SmartTv.



Além das videoaulas, você tem acesso a 2 materiais didáticos em PDF elaborados para ilustrar de forma visual o conteúdo e para fácil consulta quando você precisar. Ao término do curso, será disponibilizado na própria plataforma o Certificado de Conclusão.

Não perca a chance de ter esse ótimo material, com conteúdo excelente!

Clique na imagem abaixo e tenha todas as informações!

http://3.bp.blogspot.com/--bh4hD7vuuw/WVY7EkgsDuI/AAAAAAAAUOM/ZrE5-avG0xYykRcbMBOEDFJey9NZ4XRLQCK4BGAYYCw/s1600/inscreva-se-no-curso.jpg

Mais informações sobre o Produto:


Qualquer dúvida, é só mandar um email para queroconteudo@gmail.com
Acesse outros produtos desta mesma categoria.
10:58:00

Curso de Avaliação Cardiorrespiratória para Academias e Personal Trainers


Um dos procedimentos mais negligenciados dentro das academias e no próprio Personal Trainer é a falta de uma Avaliação Física criteriosa. Uma boa avaliação física propicia ao profissional dados funcionais que lhe permitam realmente AVALIAR o nível de aptidão física atual de um indivíduo para um correto diagnóstico e consequentemente o estabelecimento de metas a serem alcançadas com o programa de treinamento.

Sendo assim, este curso tem o objetivo de lhe auxiliar a entender alguns conceitos sobre o CONSUMO MÁXIMO DE OXIGÊNIO (Vo2máx) e sua importância na sua aplicação, seja para performance ou para a saúde. Desta forma ficará mais fácil de compreender como a melhoria do condicionamento aeróbio pode auxiliar a queimar mais gordura não apenas durante o exercício, mais após o exercício em repouso.

Conteúdo Programático

Aula 1.0 - Conceito e Definição sobre o Vo2máx e Capacidade de Trabalho
Aula 2.0 - Conceitos e Parâmetros Fisiológicos: Débito Cardíaco, Volume de Ejeção e Diferencial Artério Venoso de O2
Aula 3.0 - Fórmulas de frequência cardíaca para prescrição de treinamento, existe uma que seja a melhor?
Aula 4.0 - VOmáx. e Diagnóstico de Aptidão Cardiovascular, Capacidade Aeróbia e Capacidade de Trabalho Motor
Aula 5.0 - Mets - Equivalente Metabólico da Tarefa
Aula 6.0 - Gasto Calórico do Exercício Dinâmico
Aula 7.0 - Treinamento e Gasto Calórico da Caminha/Corrida Outdoor e da Natação
Aula 8.0 - Limiar Anaeróbio e Ponto Compensação Respiratória (RCT)
Aula 9.0 - Aplicação do Teste de VO2máx - Parte Prática

Obs: O Curso contém certificado, apostila e materiais de apoio como e-books, artigos e planilhas.

Curso com conteúdo  100% On Line mais o conteúdo da Aula Prática!
Tendo acesso a internet, você pode acessar de qualquer lugar vezes quiser.
Acesso total ao curso por 6 meses!

Não perca a chance de ter esse ótimo material, com conteúdo excelente!

Clique na imagem abaixo e tenha todas as informações!

http://3.bp.blogspot.com/--bh4hD7vuuw/WVY7EkgsDuI/AAAAAAAAUOM/ZrE5-avG0xYykRcbMBOEDFJey9NZ4XRLQCK4BGAYYCw/s1600/inscreva-se-no-curso.jpg

Mais informações sobre o Produto:


Qualquer dúvida, é só mandar um email para queroconteudo@gmail.com
Acesse outros produtos desta mesma categoria.
10:42:00

2 Cursos Completos: Pilates e Funcional para Idosos


Um material completo e inovador criado para você atender o público idoso com mais qualidade, capacitando ainda mais os profissionais ao atender idosos com o uso de Pilates e Funcional.

Possui exercícios específicos, com adaptações e sugestões inovadoras trazidos por 3 professores especialistas em idosos, além de contar com apostilas e slides para uma formação completa.


Curso 1 – Pilates para Idosos

  • Módulo Teórico
  • Módulo Teórico 1: Entendendo o envelhecimento populacional
  • Módulo Teórico 2: Composição da população idosa 1980 – 2040
  • Módulo Teórico 3: Fisiologia do envelhecimento
  • Módulo Teórico 4: Alterações cardiovasculares do envelhecimento
  • Módulo Teórico 5 Envelhecimento do sistema nervoso
  • Módulo Teórico 6: Alterações no equilíbrio nos idosos
  • Módulo Teórico 7: A importância do equilíbrio para evitar quedas
  • Módulo Teórico 8: Revisão integrativa
  • Módulo Teórico 9: Efeitos dos exercícios físicos nos idosos
  • Módulo Teórico 10: Pilates na qualidade de vida do idoso
  • Módulo Teórico 11: Como atrair o público idoso para seu stúdio e fidelizá-los
  • Módulo Teórico 12: A vivência do método Pilates sobre três prismas
  • Módulo Teórico 13: Direitos constitucionais do idoso
  • Módulo Teórico 14: Como direcionar uma aula de Pilates para idosos
  • Slides
  • Apostila teórica e prática
  • Módulo Prático
  • Módulo Prático 1: Reformer
  • Módulo Prático 2: Chair
  • Módulo Prático 3: Barrel
  • Módulo Prático 4: Cadillac
  • Módulo Prático 5: Solo

Curso 2 – Funcional para Idosos

  • Módulo Teórico
  • Módulo Teórico 1: Introdução
  • Módulo Teórico 2: O Envelhecimento
  • Módulo Teórico 3: Neurofisiologia
  • Módulo Teórico 4: Avaliação Neurofuncional
  • Módulo Teórico 5: Avaliação Músculo Esqueléticas
  • Módulo Teórico 6: Sistema Sensorial
  • Módulo Teórico 7: Pilates Aplicado a Funcionalidade do Idoso
  • Módulo Teórico 8: Treinamento Funcional Aplicado ao Idoso
  • Módulo Teórico 9: Planejamento do Programa de Aula
  • Módulo Prático
  • Módulo Prático 1: Competência Funcional
  • Módulo Prático 2:  Capacidade Funcional
  • Módulo Prático 3: Agilidade
  • Módulo Prático 4: Cadillac
  • Módulo Prático 5: Performer
  • Módulo Prático 6: Chair

Saiba mais sobre o público que mais cresce nos studios de Pilates e funcional!

Não perca a chance de ter esse ótimo material, com conteúdo excelente!

Clique na imagem abaixo e tenha todas as informações!

http://3.bp.blogspot.com/--bh4hD7vuuw/WVY7EkgsDuI/AAAAAAAAUOM/ZrE5-avG0xYykRcbMBOEDFJey9NZ4XRLQCK4BGAYYCw/s1600/inscreva-se-no-curso.jpg

Mais informações sobre o Produto:


Qualquer dúvida, é só mandar um email para queroconteudo@gmail.com
Acesse outros produtos desta mesma categoria.

terça-feira, 19 de março de 2019

15:46:00

Pilates Avançado e a variedade de aulas



O Pilates Avançado é composto por exercícios que exigem mais do Pilateiro, pois para realizar esses movimentos é necessário maior equilíbrio, força e flexibilidade, além é claro de muita dedicação durante as aulas.

Com o passar dos anos, tudo vai se renovando e com o Pilates não é diferente. Os alunos procuram uma atividade mais difícil a cada aula e o instrutor é desafiado a apresentar coisas novas e a superar as expectativas dos alunos.

Por vezes, você vai se deparar com um 'super-aluno', que executa com maestria os exercícios propostos e está em busca de evoluções. E aí que entra o Pilates Avançado, com novos e desafiadores exercícios de grande complexidade para que você possa aumentar o repertório em aula e, ao mesmo tempo, estimular e desafiar os seus alunos.

Esse método tem como base, os princípios criados por Joseph H. Pilates e associa a estes, os conceitos de Rolfing, Polestar, Feldenkrais, Power Yoga, stretching, Fisioball, Gyrokinesis e outras técnicas de conscientização corporal e teorias de controle motor.

O Pilates Avançado é composto por movimentos que exigem mais do Pilateiro, pois é necessário além de uma boa flexibilidade, um grande equilíbrio para sustentar o próprio corpo durante os exercícios.

Por isso, é importante que você já tenha algum vínculo com o Método ou com outros tipos de atividades físicas para praticar Pilates avançado.

É importante também realizar os movimentos com o auxílio de um instrutor para que esses exercícios possam ser praticados de maneira correta evitando lesões.

Curso de Pilates Avançado 2.0 

Deixe suas aulas mais desafiantes e apresente novos desafios aos seus clientes com esse Curso de Pilates Avançado 2.0 ministrado pela especialista Thalyssa Larangeiras. A versão 2.0 ainda conta com muitos materiais exclusivos. Clique aqui e saiba mais!

segunda-feira, 18 de março de 2019

09:42:00

Hiit acelera o metabolismo por mais tempo



O Hiit é uma atividade perfeita para quem tem pouco tempo e quer uma atividade diferenciada para emagrecer, definir os músculos e melhorar o condicionamento. Os treinos HIIT, devido a sua alta intensidade de performance, tem a característica de durarem pouco tempo, variando entre 10, 15, 20 ou 30 minutos no máximo. Por isso mesmo, essa modalidade de treinamento tem sido muito popular nos dias de hoje

Além de rápidos, os estímulos são de forte intensidade. Com isso, o HIIT provoca a diminuição da necessidade de oxigênio para o sistema aeróbio, acelerando o metabolismo  por até duas horas após o término da aula. É uma excelente opção para ganhar massa muscular e diminuir o percentual de gordura.

O treino HIIT queima muito mais calorias em menos tempo o que o torna uma opção muito interessante para quem quer emagrecer. Isso ocorre porque quem o pratica consegue atingir intensidades de exercício mais altas, o que demanda uma produção de energia muito maior do organismo. Apesar de os exercícios de alta intensidade usarem mais carboidratos do que gorduras como fonte de energia, isso traz uma grande perda de peso e consequente perda de gordura.

E isso ocorre, também, porque nas 24 horas após um treino HIIT você queima 10% mais calorias do que queimaria sem ter feito o treino, foi o que demonstrou um estudo publicado na revista científica American Journal of Sports and Medicine. Isso ocorre porque após esse exercício, o organismo tem um consumo maior de oxigênio, que leva a uma aceleração do metabolismo, e o uso de mais calorias para sua manutenção normal. O nome disso é efeito EPOC e exercícios podem causar efeitos EPOCs de intensidades diferentes. O EPOC do HIIT é bem alto, por isso ele traz tanta queima de calorias no pós-treino.

Curso Prescrição do TREINAMENTO HIIT baseado em Evidências Científicas

O curso Prescrição do TREINAMENTO HIIT baseado em Evidências Científicas é destinado a Profissionais da Educação Física que desejam prescrever o TREINAMENTO HIIT com segurança e embasamento científico. Clique aqui e saiba mais!

segunda-feira, 11 de março de 2019

15:08:00

A importância da Avaliação Física




A avaliação física tem vários aspectos. Além de fazer medições antropométricas (peso, altura, IMC) e um histórico dos seus hábitos, analisa seu corpo quanto à postura, à diferença entre membros, às curvaturas da coluna, ao tipo de pisada, às cirurgias, às cicatrizes e ao grau de flexibilidade. Também na avaliação é possível, através da Bioimpedância, saber como seu corpo se distribui em massa muscular ou massa magra, massa gorda, órgãos e ossos e água.

Com todas essas informações o profissional de educação física pode prescrever um programa de exercícios adequado para você.

Por isso, não é adequado você seguir programas feitos para outra pessoa sem antes saber quais exercícios são indicados ou não indicados para você. Sem antes conhecer seu corpo, ter domínio das suas capacidades físicas, saber suas fraquezas e seus pontos fortes e como todas essas coisas influenciam no resultado do seu treinamento.  

Assim, você começa a entender porque alguns tipos de treinos funcionam para alguns e para outros não. Por que uns podem e devem comer carboidratos em todas as refeições e outros não? Por que alguns sentem dores ao executar movimentos simples e outros os fazem com muita facilidade? Qual o calçado ideal para o seu tipo de pisada e seu tipo de treino? Todas essas questões podem ser respondidas com a avaliação física.

Objetos de avaliação funcional servem para identificar, em primeiro lugar, todas as características do avaliado antes de começar algum tipo de exercício ou esforço físico. Usado comumente por profissionais da educação física e avaliadores físicos, os produtos de avaliação física são muito importantes para o bom desenvolvimento do avaliado.

Os objetivos de uma avaliação física nem sempre são claramente entendidos, ou seja, nem sempre a avaliação é um ato final, pois é um processo que pode servir para vários objetivos, como por exemplo: diagnosticar, verificar o progresso do indivíduo, classificar, selecionar indivíduos, manter padrões de performance física esperados com o treinamento, motivar o indivíduo e, por fim, servir como diretriz para as pesquisas científicas em Educação Física.

A importância da avaliação física antes da prática de atividades físicas tem como base o fato de que a prescrição e orientação de exercícios devem ser realizadas de acordo com as características individuais de cada pessoa. Essas características compreendem todas as que fazem parte do indivíduo, incluindo desde relações com outras pessoas até presença de doenças ou limitações. Através da avaliação física é possível se diagnosticar situações específicas e, assim, indicar os exercícios físicos mais adequados, até as contraindicações relativas ou absolutas.

10 cursos do Avaliação pelo preço de 1!

Para ter segurança de avaliar o seu aluno/paciente usando vários aspectos a serem analisados, eu recomendo um combo maravilhoso com 10 cursos de Avaliação com o preço de 1. Aproveite e clique aqui!

Se avaliação é um assunto que te interessa, tenha artigos gratuitos de avaliação de Educação Física. Clique aqui!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

09:55:00

Benefícios do Hidrotreinamento



O Hidrotreinamento é na realidade a união da hidroterapia ou hidrocinesioterapia com o treinamento de força ou resistido. Portanto, o hidrotreinamento visa a melhora da performance e do condicionamento de praticantes e esportistas no meio aquática, uma vez que a água possui características químicas e físicas peculiares.

Um dos benefícios do hidro treinamento é o aumento da ativação muscular e o objetivo deste curso é demonstrar de uma forma simples e segura como fazer isso dentro da água. Na verdade, há maior recrutamento de alguns grupos musculares, principalmente os chamados músculos do core, que envolvem os abdominais e estabilizadores da coluna, popularmente chamados de posturais. Com uma estratégia de observação como meio de intervenção pedagógica, no sentido de educar as pessoas a utilizar o corpo de maneira eficiente no meio líquido, vamos elaborar rotinas de treinos aquáticos rápidos e objetivos utilizando os sistemas cardiorrespiratório e muscular de uma forma integrada, economizando tempo e promovendo resultados.

Veja alguns benefícios do treinamento na água:

Emagrece;
Melhora o Condicionamento Físico Geral;
Melhora a Força e Postura;
Melhora a Flexibilidade;
Reduz o Colesterol;
Equilibra a Pressão Arterial;
Combate o Estresse;
Melhora a Depressão,
Melhora a sociabilidade;
Rejuvenesce o corpo;
Aumenta a capacidade respiratória;
Estimula a digestão, a circulação, o sistema imunológico e alivia dores pós e pré-operatórias e após traumas músculo-esqueléticos;
Age sobre a pele e os músculos, acalma os pulmões, coração, estômago e sistema endócrino estimulando os reflexos nervosos na espinha dorsal.

Além desses benefícios, temos algumas vantagens da reabilitação de lesões esportivas usando a água:

Iniciar o tratamento precocemente;
Menor tempo de recuperação;
Menos dores e dificuldades de movimentação;
Peso corporal diminuído, causa menos estresse articular possibilitando; recuperação da marcha rápida e precoce;
Equilíbrio e confiança são mais facilmente adquiridos ;
Diminui o derrame articular ;
A volta as atividades diárias e ao esporte é mais rápida.

Quer saber mais sobre o Hidrotreinamento? Conheça esse curso com video-aulas que ensina todo o método com um professor que trabalha há mais e 25 anos com o assunto. É imperdível! Clique aqui!

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

18:14:00

Benefícios do Treinamento Funcional na gestação



O treinamento funcional pode ser uma ótima opção para as gestantes de plantão, desde que bem direcionadas tanto em relação aos exercícios quanto intensidade que deve ser de leve a moderada. Vale ressaltar (sempre) que o médico deve dar liberação para a prática dos exercícios.

Para ter bons efeitos é imprescindível que os treinos se adaptem mês a mês às necessidades da gestante. Os exercícios mais recomendados sem dúvida são aqueles que proporcionam segurança e confiança à grávida. Nesse momento exercícios em superfícies instáveis ou que possam provocar desequilíbrios são evitados, assim como aqueles que causem muito impacto.

Nesse momento é importante trabalhar exercícios posturais e alongamentos para pernas e coluna, além de exercícios de fortalecimento. Exercícios aeróbicos leves também são bem vindos.

Se você ainda está em dúvidas se o treinamento funcional é bom para você veja a lista de benefícios, tenho certeza que você irá gostar.

  • Auxilia no controle do peso
  • Melhora auto estima e diminui estresse
  • Melhora possíveis desconfortos da gestação
  • Ativa circulação do sangue da mamãe e oxigena melhor o bebê
  • Recuperação pós parto facilitada
  • Melhora da postura

Cuidados Especias para as gestantes

  • Evitar exercícios que acentuem ainda mais a curvatura lombar, pois durante a gestação a tendência é que a curvatura lombar aumente e haja dor e desconforto.
  • Evitar exercícios em decúbito ventral pois pressiona o ventre.
  • Evitar ficar muito tempo em decúbito dorsal, pois com o avançar da gestação o peso do abdômen pressiona órgãos e atrapalhar a circulação do sangue tanto para a mamãe quanto para o bebê.
  • Exercícios que causem instabilidade devem ser substituídos por outros que não coloquem a grávida em risco de queda.
  • Procure supervisão adequada e só inicie os exercícios com a liberação do seu médico.
O profissional que utiliza o Pilates e Treinamento Funcional juntos potencializa o resultado do seu aluno.  Se ainda não sabe bem como trabalhar os dois juntos, você precisa conhecer o Curso MIT - Movimento Inteligente. É treinamento funcional, pilates e terapia manual juntos. Utilize o melhor de cada técnica de forma inteligente para gerar resultados extraordinários. Clique aqui e saiba mais.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

11:40:00

Alimentação Fitness e Exercícios Físicos: combinação perfeita!



O grande objetivo da gastronomia fit é eliminar a ideia de que optar por uma alimentação saudável é abrir mão do sabor, afinal, é possível manter uma alimentação saudável e saborosa, usando a criatividade e escolhendo corretamente os ingredientes. 

Quem adere a uma rotina de treinos sabe que a alimentação é uma parte essencial dos resultados. E não é só questão de estética. Além de complementar a prática esportiva, o planejamento alimentar visa o bem-estar, a longevidade e a prevenção de doença.

O objetivo de uma Alimentação Fitness é colaborar para que a pessoa que pratica atividades físicas regulares consiga alcançar de forma eficiente e saudável os seus resultados desejados. Isso vale tanto para quem deseja melhorar a forma física, seja com a perda de peso ou o ganho de massa muscular, como para aqueles que buscam apenas uma reeducação alimentar. Com os itens certos, é possível criar receitas fáceis e saudáveis para comer comidas saborosas e não sentir fome.

É muito importante que a Alimentação Fitness venha associada ao exercício físico. É a combinação que garante os resultados. O ideal é investir em uma atividade física que dê prazer, para que haja disposição de praticar de forma regular. A dieta deve ser de acordo com a modalidade escolhida, para que funcione como um complemento.

É preciso ter em mente que não importa o treino escolhido ou a dieta estabelecida, nenhum resultado é imediato. Quando se monta um programa que visa saúde, as melhorias são sentidas gradualmente e prevalecem por toda a vida, se levadas a sério.

Tenha Dicas Essenciais Para Iniciantes Que Desejam Emagrecer ou Aumentar a Massa Muscular. Clique aqui e saiba mais!

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

15:25:00

Curso Hidrotreinamento Online



Voltado para Professores(as) de Educação Física que desejam se tornar "Referências" em treinamentos aquáticos, o Programa Hidrotreinamento é a soma de 25 anos de experiências práticas e dos estudos científicos desenvolvidos pelo, mundialmente conhecido, Professor Mestre Nino Aboarrage.



Conteúdo Programático

Este curso é composto de Vídeoaulas, material de apoio PDF e diversos Bônus Exclusivos, tudo 100% on-line para aproveitar de onde quiser, necessitando apenas de acesso à internet.
As Videoaulas são divididas em 9 módulos e mais um módulo extra com os Bônus Exclusivos.

Estes módulos que se complementam, formam a base de um "perito" em treinos aquáticos, desde que seja estudado profundamente cada detalhe do conteúdo.

Além do mais, PDFs e outros vídeoaulas formam um pacote de 6 "Bônus" para você ter muito mais possibilidades de usar todo este rico material.

Para ter um exemplo, dois bônus tem o papel de fazer do professor um empreendedor do conhecimento técnico. Ou seja, você será capaz de montar sua piscina com uma consultoria entregue pelo próprio Professor Nino, além de aprender com um convidado especial como atrair as pessoas certas para que se tornem seus clientes na sua piscina.

Deste modo, o Mestre, Prof Nino, acredita viabilizar não só o enriquecimento técnico do participante do curso on-line Hidrotreinamento, mas também de ajudar o participante a se beneficiar financeiramente deste processo.

Por fim, o Programa Hidrotreinamento é a mentalidade do século 21 na escolha dos melhores e mais eficientes protocolos de treinamento aquático.

Conversas paralelas na piscina, risadas e treinos leves serão substituídos definitivamente por treino de força e potência muscular capazes de gerar as verdadeiras adaptações no organismo para todas as populações, não só as de idade avançada.

Ps. No momento da sua inscrição, chegará em sua caixa de e-mails "login e senha" para que você tenho o acesso imediato do conteúdo.

Não perca a chance de ter esse ótimo material, com conteúdo excelente!

Clique na imagem abaixo e tenha todas as informações!

http://3.bp.blogspot.com/--bh4hD7vuuw/WVY7EkgsDuI/AAAAAAAAUOM/ZrE5-avG0xYykRcbMBOEDFJey9NZ4XRLQCK4BGAYYCw/s1600/inscreva-se-no-curso.jpg

Mais informações sobre o Produto:


Qualquer dúvida, é só mandar um email para queroconteudo@gmail.com
Acesse outros produtos desta mesma categoria.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

13:21:00

Iniciante do Crossfit tem que lidar com a dor?



O crossfit é uma modalidade que ganha mais adeptos e a cada dia e, como qualquer modalidade esportiva ou atividade física, necessita de atenção em alguns detalhes práticos.

Entrar em um box de crossfit (como são chamados os espaços em que as aulas acontecem) pode assustar à primeira vista: caixas, argolas olímpicas, pesos e barras, cordas e até pneus de caminhão são usados durante os exercícios. Mas, além desses acessórios, o peso do próprio corpo, o equilíbrio e a agilidade também são recursos utilizados, o que torna a modalidade acessível para qualquer pessoa – claro que seguindo as orientações de um profissional.

O objetivo do Crossfit é trabalhar com esses movimentos e potencializar todas as principais capacidades físicas do ser humano, como a resistência cardirrespiratória, a resistência muscular, a flexibilidade, força, coordenação, potência, agilidade, equilíbrio e velocidade.

O principal equipamento para a prática do Crossfit é o próprio corpo, mas também podem ser utilizadas algumas ferramentas básicas, como cordas, pesos, caixas, elásticos, correntes, entre outros que auxiliem na execução de alguns exercícios.

Por fazer movimentos que os iniciantes não estão acostumados alguns grupamentos musculares podem  ter dor. Essa é uma certeza do crossfit.

Vai doer! Cedo ou tarde, a dor vai chegar, e saber conviver com ela faz parte da prática do crossfit. Exercícios com o rolo de massagem podem ajudar no alívio da dor. Essa dica não é só para os iniciantes do crossfit: é necessário saber a hora dar descanso ao corpo.

O material Treino Funcional e Cross - Passo a Passo (em vídeo) foi elaborado como auxílio para acadêmicos e professores de Educação Física que pretendem trabalhar com seus alunos e clientes, podendo ser individualmente ou na parte coletiva , com atividades físicas voltadas para a promoção de bem estar, saúde, emagrecimento e ganho de massa muscular. Clique aqui e saiba mais!

sábado, 5 de janeiro de 2019

13:31:00

Benefícios do Treinamento em Suspensão



Sei bem que você, que é ligado em acompanhar a vida fitness alheia, já se deparou com a galera fazendo exercícios com fitas que as deixam suspensas. Seja em praias, estúdios ou academias, é um tipo de exercício que está ganhando muitos adeptos.

Esse treinamento suspenso tem um sistema de fitas elásticas que podem ser fixadas em qualquer local onde podem ser trabalhados exercícios de resistência, força, flexibilidade e estabilidade corporal. Além de todos esses benefícios, o treinamento suspenso também pode ser utilizado na reabilitação de patologias ortopédicas de neurológicas. Além dessas, veja outros benefícios que são adquiridos com esse tipo de exercício:
  • Melhora na postura;
  • Redução na incidência de lesões;
  • Melhora da coordenação motora;
  • Tonifica os músculos;
  • Definição muscular;
Sem dúvida, a instabilidade que há nos exercícios feitos com a fita de suspensão provoca grande ativação das fibras musculares do core (formado por lombar, abdome e quadril). Essa região é responsável por produzir força, gerar estabilidade e acelerar e desacelerar movimentos. Fortalecê-la é importante para aumentar a performance e prevenir lesões

Chamamos de treinamento suspenso os exercícios que utilizam uma variedade de equipamentos para levar a suspensão.  Entre eles estão o Columpio, Columpio Wall e, claro a fita de suspensão. Através deles realizaremos uma quantidade quase infinita de exercícios e complementar a aula.

Os exercícios presentes no treinamento suspenso vão muito além dos "exercícios legais" que alguns instrutores querem para deixar a aula interessante. Todos eles obedecem os princípios da funcionalidade aos quais o Pilates e o Funcional obedecem. Por isso, são amplamente adaptáveis para os mais variados tipos de alunos e aulas.

Para realizar esse tipo de treinamento podemos realizar aulas com variadas intensidades e níveis de complexidade. Os exercícios pode, ser realizados com parte do corpo em suspensão (no caso da fita de suspensão) ou com todo ele suspenso (no caso do Columpio). A intenção é adicionar um elemento de instabilidade aos exercícios e melhorar equilíbrio e propriocepção. O melhor de tudo ao usar o treinamento suspenso é: existe uma infinidade de exercícios que podemos usar em nossas aulas. E eles servem para qualquer tipo de aluno.

Muita gente pode conhecer esse tipo de exercício como TRX. Porém, o nome correto desse exercício é fita de suspensão. TRX é a marca registrada de uma empresa norte-americana localizada em San Francisco.

Gostou? Então conheça o curso Strap UP, a fita de suspensão da Suspensus  é voltado para profissionais da area fitness que desejam atualizar e inovar as suas aulas com o treinamento em suspensão. São + de 250 exercícios em + de 200 vídeo. Clique aqui e saiba mais!

facebook

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Arquivo do blog