Curso online de Musculação do Iniciante ao Avançado

terça-feira, 19 de março de 2019

15:46:00

Pilates Avançado e a variedade de aulas



O Pilates Avançado é composto por exercícios que exigem mais do Pilateiro, pois para realizar esses movimentos é necessário maior equilíbrio, força e flexibilidade, além é claro de muita dedicação durante as aulas.

Com o passar dos anos, tudo vai se renovando e com o Pilates não é diferente. Os alunos procuram uma atividade mais difícil a cada aula e o instrutor é desafiado a apresentar coisas novas e a superar as expectativas dos alunos.

Por vezes, você vai se deparar com um 'super-aluno', que executa com maestria os exercícios propostos e está em busca de evoluções. E aí que entra o Pilates Avançado, com novos e desafiadores exercícios de grande complexidade para que você possa aumentar o repertório em aula e, ao mesmo tempo, estimular e desafiar os seus alunos.

Esse método tem como base, os princípios criados por Joseph H. Pilates e associa a estes, os conceitos de Rolfing, Polestar, Feldenkrais, Power Yoga, stretching, Fisioball, Gyrokinesis e outras técnicas de conscientização corporal e teorias de controle motor.

O Pilates Avançado é composto por movimentos que exigem mais do Pilateiro, pois é necessário além de uma boa flexibilidade, um grande equilíbrio para sustentar o próprio corpo durante os exercícios.

Por isso, é importante que você já tenha algum vínculo com o Método ou com outros tipos de atividades físicas para praticar Pilates avançado.

É importante também realizar os movimentos com o auxílio de um instrutor para que esses exercícios possam ser praticados de maneira correta evitando lesões.

Curso de Pilates Avançado 2.0 

Deixe suas aulas mais desafiantes e apresente novos desafios aos seus clientes com esse Curso de Pilates Avançado 2.0 ministrado pela especialista Thalyssa Larangeiras. A versão 2.0 ainda conta com muitos materiais exclusivos. Clique aqui e saiba mais!

segunda-feira, 18 de março de 2019

09:42:00

Hiit acelera o metabolismo por mais tempo



O Hiit é uma atividade perfeita para quem tem pouco tempo e quer uma atividade diferenciada para emagrecer, definir os músculos e melhorar o condicionamento. Os treinos HIIT, devido a sua alta intensidade de performance, tem a característica de durarem pouco tempo, variando entre 10, 15, 20 ou 30 minutos no máximo. Por isso mesmo, essa modalidade de treinamento tem sido muito popular nos dias de hoje

Além de rápidos, os estímulos são de forte intensidade. Com isso, o HIIT provoca a diminuição da necessidade de oxigênio para o sistema aeróbio, acelerando o metabolismo  por até duas horas após o término da aula. É uma excelente opção para ganhar massa muscular e diminuir o percentual de gordura.

O treino HIIT queima muito mais calorias em menos tempo o que o torna uma opção muito interessante para quem quer emagrecer. Isso ocorre porque quem o pratica consegue atingir intensidades de exercício mais altas, o que demanda uma produção de energia muito maior do organismo. Apesar de os exercícios de alta intensidade usarem mais carboidratos do que gorduras como fonte de energia, isso traz uma grande perda de peso e consequente perda de gordura.

E isso ocorre, também, porque nas 24 horas após um treino HIIT você queima 10% mais calorias do que queimaria sem ter feito o treino, foi o que demonstrou um estudo publicado na revista científica American Journal of Sports and Medicine. Isso ocorre porque após esse exercício, o organismo tem um consumo maior de oxigênio, que leva a uma aceleração do metabolismo, e o uso de mais calorias para sua manutenção normal. O nome disso é efeito EPOC e exercícios podem causar efeitos EPOCs de intensidades diferentes. O EPOC do HIIT é bem alto, por isso ele traz tanta queima de calorias no pós-treino.

Curso Prescrição do TREINAMENTO HIIT baseado em Evidências Científicas

O curso Prescrição do TREINAMENTO HIIT baseado em Evidências Científicas é destinado a Profissionais da Educação Física que desejam prescrever o TREINAMENTO HIIT com segurança e embasamento científico. Clique aqui e saiba mais!

segunda-feira, 11 de março de 2019

15:08:00

A importância da Avaliação Física




A avaliação física tem vários aspectos. Além de fazer medições antropométricas (peso, altura, IMC) e um histórico dos seus hábitos, analisa seu corpo quanto à postura, à diferença entre membros, às curvaturas da coluna, ao tipo de pisada, às cirurgias, às cicatrizes e ao grau de flexibilidade. Também na avaliação é possível, através da Bioimpedância, saber como seu corpo se distribui em massa muscular ou massa magra, massa gorda, órgãos e ossos e água.

Com todas essas informações o profissional de educação física pode prescrever um programa de exercícios adequado para você.

Por isso, não é adequado você seguir programas feitos para outra pessoa sem antes saber quais exercícios são indicados ou não indicados para você. Sem antes conhecer seu corpo, ter domínio das suas capacidades físicas, saber suas fraquezas e seus pontos fortes e como todas essas coisas influenciam no resultado do seu treinamento.  

Assim, você começa a entender porque alguns tipos de treinos funcionam para alguns e para outros não. Por que uns podem e devem comer carboidratos em todas as refeições e outros não? Por que alguns sentem dores ao executar movimentos simples e outros os fazem com muita facilidade? Qual o calçado ideal para o seu tipo de pisada e seu tipo de treino? Todas essas questões podem ser respondidas com a avaliação física.

Objetos de avaliação funcional servem para identificar, em primeiro lugar, todas as características do avaliado antes de começar algum tipo de exercício ou esforço físico. Usado comumente por profissionais da educação física e avaliadores físicos, os produtos de avaliação física são muito importantes para o bom desenvolvimento do avaliado.

Os objetivos de uma avaliação física nem sempre são claramente entendidos, ou seja, nem sempre a avaliação é um ato final, pois é um processo que pode servir para vários objetivos, como por exemplo: diagnosticar, verificar o progresso do indivíduo, classificar, selecionar indivíduos, manter padrões de performance física esperados com o treinamento, motivar o indivíduo e, por fim, servir como diretriz para as pesquisas científicas em Educação Física.

A importância da avaliação física antes da prática de atividades físicas tem como base o fato de que a prescrição e orientação de exercícios devem ser realizadas de acordo com as características individuais de cada pessoa. Essas características compreendem todas as que fazem parte do indivíduo, incluindo desde relações com outras pessoas até presença de doenças ou limitações. Através da avaliação física é possível se diagnosticar situações específicas e, assim, indicar os exercícios físicos mais adequados, até as contraindicações relativas ou absolutas.

10 cursos do Avaliação pelo preço de 1!

Para ter segurança de avaliar o seu aluno/paciente usando vários aspectos a serem analisados, eu recomendo um combo maravilhoso com 10 cursos de Avaliação com o preço de 1. Aproveite e clique aqui!

Se avaliação é um assunto que te interessa, tenha artigos gratuitos de avaliação de Educação Física. Clique aqui!

facebook

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *