Curso online de Musculação do Iniciante ao Avançado

sexta-feira, 21 de junho de 2019

10:23:00

10 exercícios do Pilates para Escoliose


A escoliose é uma deformidade da coluna vertebral que se apresenta com um desvio lateral, podendo ser em forma de "C" ou de "S" e se manifesta com sintomas ainda na infância, adolescência ou somente na fase adulta. Classifica-se a Escoliose como estrutural e não-estrutural. A primeira pode ser idiopática (sem causa aparente), neuromuscular e osteopática. A não-estrutural pode ser causada por espasmo ou dor muscular da coluna vertebral por compressão de raiz nervosa ou outra lesão na coluna, pela assimetria de membros inferiores, e, ainda, por maus hábitos posturais.

O alongamento muscular pode gerar um efeito analgésico importante nas escolioses álgicas do adulto. Podemos chamar essa escoliose de atitude escoliótica porque podem estar relacionados a um desequilíbrio do corpo e padrões de movimento "preferidos". Um grupo muscular "fraco" ou desalinhado pode resultar numa compensação ou desenvolvimento de outra área.

O Pilates é uma técnica que vem crescendo bastante. Joseph Humbertus Pilates criou uma série de exercícios baseados nos movimentos progressivos que o corpo é capaz de executar. Essa técnica visa o trabalho de alongamento, força, flexibilidade e preocupa-se em manter as curvaturas fisiológicas do corpo. Mantém o abdome como centro de força (o powerhouse) que é trabalhado em todos os exercícios, realizando poucas repetições. Os aparelhos utilizam um mecanismo de molas para resistência ou auxílio do movimento, dependendo do grau de dificuldade de cada paciente, o que leva a evolução deste visando alcançar a posição de máxima eficiência e esforço para um determinado exercício.

Entre as vantagens do método Pilates estão: estimular a circulação, melhorar o condicionamento físico, a flexibilidade, a amplitude muscular e o alinhamento postural. Pode melhorar os níveis de consciência corporal e a coordenação motora. Tais benefícios ajudariam a prevenir lesões e proporcionar um alívio de dores crônicas. A técnica Pilates apresenta muitas variações de exercícios e pode ser realizada por pessoas que buscam alguma atividade física ou por indivíduos que apresentam alguma patologia ou cirurgia músculo-esquelética onde a reabilitação é necessária, e também por esportistas que visam melhorar sua performance.

Confira agora 10 exercícios de Pilates que podem ser utilizados no tratamento desta patologia

1- Respiração direcionada no Mermaid

Pilates-para-escoliose-3

Sentado com membros inferiores em flexão e rotação externa dos quadris, coluna neutra, incline o tronco para o lado da curvatura escoliótica, apoie a mão ipsilateral na nuca e a outra mão nas últimas costelas do lado côncavo.

Feito isso, realize a respiração e progrida com o aumento do tempo respiratório.

Permaneça com o crescimento axial durante os ciclos respiratórios e progrida com a resistência à medida que a capacidade respiratória aumentar.

Este exercício de Pilates para escoliose tem por objetivo direcionar a expansão torácica para o lado côncavo da curvatura escoliótica.

2- Roll up com tonning ball

Pilates-para-escoliose-4

Deitado de barriga para cima com membros inferiores estendidos, membros superiores em flexão de ombros a 180° (sem elevar as costelas) e uma tonning ball nas mãos.

Realize a flexão de tronco e de ombros simultaneamente, elevando um membro inferior, flexionando o quadril, uma mão segurando a tonning ball, realizando a abdução de ombro com rotação de tronco.

A mão oposta segura a perna que eleva, mantendo o crescimento axial. Feito isso, alterne os lados.

Caso você não consiga elevar o tronco a partir dos membros inferiores em extensão, pode apoiar 1 membro inferior no solo. Além disso, este exercício também pode ser realizado sem o acessório.

Este exercício de Pilates para escoliose tem por objetivo mobilizar a coluna em flexão e rotação, fortalecer os músculos abdominais e o manguito rotador e melhorar a coordenação motora.

3- Swan na chair

Pilates-para-escoliose-5

Deitado de barriga para baixo no solo com membro inferior em extensão, coloque as mãos no pedal e realize a hiperextensão do tronco à medida que o pedal está descendo.

Ao realizar este movimento, tenha cuidado para não perder a estabilidade escapular, diminuir a contração do power house ou sentir dor nos paravertebrais.

Este exercício de Pilates para escoliose tem por objetivo fortalecer os músculos paravertebrais, glúteo máximo, isquiotibiais e tríceps sural.

4- Abs obliques

Pilates-para-escoliose-6

Sentado de costas no assento da Chair com joelhos em extensão, apoie uma mão no pedal e outro membro superior em flexão de ombro a 90°.

Realize a descida do pedal estendendo e rodando o tronco para o lado do membro superior que está apoiado no pedal. Além disso, a cervical deve acompanhar o movimento.

Para facilitar o exercício, coloque a caixa de extensão da Chair ou bola suíça para apoiar os membros inferiores.

Este exercício e Pilates para escoliose tem por objetivo fortalecer os músculos abdominais com ênfase nos oblíquos internos e externos, fortalecer os quadríceps em isometria e alongar peitorais.

5- Sit up

Pilates-para-escoliose-7

Sentado sobre os ísquios no Barrel os pés no espadar, membros inferiores flexionados a aproximadamente 90° de joelhos e quadril, ombros flexionados a 90° e cotovelos estendidos.

Realize o enrolamento da coluna em flexão simultaneamente com a abdução horizontal dos ombros com a faixa elástica e retorne à posição inicial.

Certifique-se de que está realizando o enrolamento da coluna lombossacra, permitindo a mobilidade da maneira correta.

Este exercício de Pilates para escoliose tem por objetivo aumentar a mobilidade da coluna e fortalecer os músculos abdominais e manguito rotador.

6- Back Extension

Pilates-para-escoliose-8

Deitado de barriga para baixo com abdome apoiado no Barrel, pés no espaldar e mãos na nuca, realize a extensão com rotação de tronco associada com a abdução horizontal de ombro.

A cervical deve acompanhar o movimento. Feito isso, alterne os lados.

Este exercício de Pilates para escoliose tem por objetivo fortalecer os músculos paravertebrais e glúteos, mobilizar a coluna cervical e torácica em extensão e rotação.

7- Abs obliques

Pilates-para-escoliose-9

Deitado lateralmente, com um membro superior no centro da barra, o outro membro superior à frente do tronco e membros inferiores nas barras verticais, incline o tronco em direção à barra móvel.

Quanto maior a resistência das molas, mais fácil será para executar o movimento. O membro inferior acima deverá estar na barra da frente e o membro inferior abaixo deverá estar na barra de trás para evitar a rotação da pelve.

Para aumentar a complexidade, pode colocar o membro superior abaixo com abdução de ombro a 180°.

Este exercício de Pilates para escoliose tem por objetivo fortalecer o abdome com ênfase nos músculos oblíquos externos e internos.

8- Abdominal no Cadillac

Pilates-para-escoliose-10

Deitado de barriga para cima com antepé na barra fixa (ou barra torre), mãos na nuca, cotovelos e ombros em rotação externa, simultaneamente estenda os membros inferiores e flexione o tronco.

Outra forma de realizar este movimento é permanecendo com o tronco flexionado e estender os membros inferiores.

Este exercício de Pilates para escoliose tem por objetivo fortalecer os músculos reto do abdome, oblíquos internos e externos, transverso do abdome e quadríceps.

9- Side plank

Pilates-para-escoliose-11

Coloque a prancha extensora no Reformer e apoie o cotovelo, cada membro inferior apoiado na ombreira, o membro inferior acima, na ombreira da frente.

Eleve a pelve e realize flexo-extensão de quadris e joelhos sem perder a estabilidade de tronco e pelve.

Este exercício de Pilates para escoliose tem por objetivo fortalecer os oblíquos e aumentar a estabilidade de ombros.

10- Side Bridge

Pilates-para-escoliose-12

Deitada de barriga para cima, com um pé apoiado na barra de pés e ou outro pé abaixo, eleve a pelve simultaneamente com a rotação de tronco e quadril. Progressão: realizar a flexo-extensão de joelhos.

O joelho da perna que está apoiada, deve permanecer parado, apontado para o teto.

Este exercício de Pilates para escoliose tem por objetivo fortalecer a cadeia posterior, com ênfase em glúteos, isquiotibiais e tríceps sural, fortalecer oblíquos internos e externos e mobilizar a coluna em torção.

Conclusão

Pilates-para-escoliose-13

A escoliose é uma patologia que acomete o corpo do ser humano podendo causar muita dor.

Por isso, quando uma pessoa possui escoliose é importante que ela faça um tratamento especializado na causa para que este problema possa ser melhorado.

O Pilates é um Método que atua em diversas patologias reabilitando e melhorando o quadro clínico.

Desta forma, o Pilates na escoliose é uma ótima forma de tratar este problema ajudando o cliente nas sua AVD's.

Curso sobre Pilates na Escoliose

Os benefícios da prática do Pilates ao paciente com escoliose são variados, mas o conhecimento prévio de algumas características da patologia é indispensável. Nesse curso sobre Pilates na Escoliose, você vai aprender o que é, como avaliar e como tratar um paciente com escoliose através do método Pilates. Clique aqui e saiba mais!

sexta-feira, 14 de junho de 2019

10:36:00

Como achar um bom treinador de Crossfit




Escolher um bom coach é essencial para seu treinamento de crossfit. Afinal de contas, ele será o responsável por sua aprendizagem e periodização de treino, cuidando da sua saúde no esporte o tempo todo.

Mas primeiro vamos entender um pouco sobre essa modalidade. O CrossFit é uma marca registrada e apenas academias afiliadas, conhecidas por "box", podem oferecer essa modalidade. Esse programa de treinamento inclui: exercícios abdominais, agachamentos, flexões, corrida, saltos, levantamento de pesos, etc.

Sempre em alta intensidade e em constantes variações entre 10 aptidões físicas:

  1. Capacidade cardiorrespiratória
  2. Força
  3. Stamina
  4. Flexibilidade
  5. Velocidade
  6. Potência
  7. Coordenação
  8. Agilidade
  9. Equilíbrio
  10. Precisão

A primeira coisa que você deve verificar é se ele(a) tem formação em um curso de educação física. Também deve possuir o CREF validado (documento emitido pelo Conselho Regional de Educação Física do registro profissional). Exercer a função de coach (treinador) sem este registro é ilegal. Casos assim, quando flagrados por agentes de fiscalização do CREF, são encaminhados à polícia e se enquadram na lei de contravenção (o assunto é sério e já gerou muita polêmica recentemente).

No entanto, apenas uma formação acadêmica não é suficiente, já que muitos dos cursos de educação física não abordam o crossfit em sua grade. O profissional precisa ter no mínimo o curso da CrossFit Inc. Level 1, com alguns anos de experiência treinando e ensinando a modalidade.

Hoje, a empresa CrossFit oferece cursos até o Level 4, nível exigido pela CrossFit Inc. para o reconhecimento como coach. Quem possui até o nível 3 é classificado como trainer pela empresa americana.

Ainda existe um detalhe importante sobre a nomenclatura dos boxes. O nome CrossFit é uma marca registrada no mundo todo e não pode ser usada gratuitamente por qualquer ginásio. Boxes afiliados pagam pelo uso do nome CrossFit; todos os outros devem usar nomenclaturas similares, como cross training, MMT (modalidades mistas de treinamento) e treino funcional. Usar o nome Cross Fit (com espaço) também é ilegal pela lei da similaridade.

Portanto, converse com o profissional que está lhe oferecendo o treinamento e pergunte sobre sua experiência na modalidade. Geralmente, o profissional certificado exibe o diploma da CrossFit na parede do box. Além disso, o site https://map.crossfit.com/ mostra os afiliados (você pode procurar por cidade).

Diante do valor de US$ 3 mil por ano para renovar a afiliação, alguns boxes optaram por se tornar um centro de treinamento de MMT e perderam o direito de usar o nome CrossFit. Porém, isso não significa que o local e seus profissionais perderam necessariamente qualidade.

A OPÇÂO: CROSS TRAINNING

O cross training é uma atividade cada vez mais difundida e apreciada em academias de fitness. Ele permite que aqueles que desejam aumentar rapidamente a sua condição física geral através de diferentes exercícios realizados em um tempo determinado. Os atletas o usam especialmente para continuar a reduzir seus pontos fracos e se prepararem para suportar as fases mais intensas do treinamento.

DICA PARA PROFISSIONAIS

Treino Funcional e Cross - Passo a Passo (em vídeo) - Este conteúdo foi elaborado como auxílio para acadêmicos e professores de Educação Física que pretendem trabalhar com seus alunos e clientes, podendo ser individualmente ou na parte coletiva , com atividades físicas voltadas para a promoção de bem estar, saúde, emagrecimento e ganho de massa muscular. Saiba mais clicando aqui!


Com ajuda daqui

facebook

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *