Reclamação de dor no Treinamento Funcional








Olá, eu sou a Dani e esse texto fala sobre Reclamação de dor no Treinamento Funcional. Antes de começar a lê-lo, siga o blog nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter. Você também pode entrar nos grupos de Whatsapp ou no grupo do Telegram . Agora, vamos à leitura!



O treinamento funcional foi elaborado para atender a necessidade específica de cada praticante, seja ele um esportista ou sedentário. Nele são adaptados movimentos do cotidiano ao treino físico. Por se tratar de uma prática completa e ao mesmo tempo lúdica, pode ser praticada por qualquer pessoa.

Os benefícios do treinamento funcional refletem em todo o corpo, tornando-o mais forte, veloz, flexível e com melhor postura. A definição muscular aparece como consequência de um trabalho de movimentos complexos que promovem maior gasto energético.

É importante o professor estar atento ao movimento do aluno e ter noção do limite de cada um. Se o aluno estava fazendo o exercício e sentiu dor e não conseguiu identificar o motivo, não insista. Ficar repetindo muitas vezes para que sua avaliação seja melhor é uma péssima ideia.

Repetir muitas vezes pode agravar o problema, aumentar a dor e deixar o aluno com bloqueios para fazer aquele movimento específico. No máximo repita mais uma ou duas vezes e troque de exercício. É importante prestar atenção se em movimentos parecidos, ele tem a dor.

Tenho duas dicas para o profissional que quer trabalhar com Treinamento Funcional. A primeira dica é o ebook Treinamento Funcional 200 Exercícios - Aprenda Montar Seu Treino Formação em Treinamento e Preparação Física Funcional ONLINE




Reclamação de dor no Treinamento Funcional Reclamação de dor no Treinamento Funcional Reviewed by Dani Souto EF on 10:01:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Curta e Siga em Rede Sociais